Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

'

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Reitoria e DCE fazem visita ao CERES-Caicó

Reitora apresenta investimentos ao CERES
Na manhã de ontem, 21, a reitora Ângela Paiva Cruz juntamente com os pro-reitores de Assuntos Estudantis, Graduação, Administração e Extensão fizeram uma visita ao Centro de Educação Superior do Serídó (Ceres) para uma série de agendas. Os coordenadores do DCE, Adler Barros e Daniela Araújo juntamente com o bolsista Cauê Fernandes acompanharam a visita da reitoria.

A primeira agenda foi uma reunião com os professores, a coordenadora do Centro Ana Aires e funcionários. A reitora Ângela Paiva iniciou a o encontro mostrando os números dos investimentos com manutenção e expansão do campi de Caicó. No segundo momento abriu-se o debate entre professores, funcionários, pró-reitores e reitora. A pauta foi extensa, desde a má qualidade da internet no campi até falhas na especialização de docentes, passando por problemas na estrutura física e segurança. 

Após o almoço, a reitoria recebeu o prefeito de Caicó, Roberto Germano e alunos em geral para tratar dos problemas e também apresentar o novo curso de Medicina. 

Reitora e prefeito discutem o CERES/UFRN
Ângela mostrou a situação da universidade ao prefeito e pediu parceria, investimento em estrutura municipal e políticas públicas (segurança, saúde e lazer) visando os estudantes, para avançar juntos na construção de uma UFRN maior e melhor. Dentre as principais reivindicações, o melhoramentos na calçada do Campus e nos esgotos que desaguam no Ceres, além da retirada de um bar que há anos funciona em cima da calçada do campus e mais rigor na lei de poluição sonora nos entornos do CERES.

Os estudantes começaram as intervenções pautando o Circular do Ceres, uma luta já antiga que foi bandeira principal da atual gestão do DCE. Com relação ao circular o prefeito disse não ter condições no momento de instalar uma linha circular para o Centro mas que tentaria uma outra solução para melhorar a mobilidade estudantil a ser divulgada posteriormente. 

Coordenador do DCE reconhece avanços
mas pauta a questão do circular e
 outras reivindicações 
Os alunos pautaram também a má climatização das salas de aulas, instrumentos multimídia insuficientes para a demanda, calçada da residência até o setor de aulas, além das reivindicações já colocadas pelos professores como precariedade da internet.

As principais questões foram esclarecidas pelos pró-reitores. A reitora enfatizou que está priorizando a interiorização da universidade e que não se faz mais pelos campis do interior não por falta de querer mas sim por problemas com empresas terceirizadas e, claro, falta de verba em alguns casos. a promessa é que a maioria dos problemas comecem a ser solucionados já na próxima quinta-feira quando a reitoria voltará ao município.


Alguns estudantes protestam por melhorias

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Cooperativa lança livros sobre sincretismo religioso e cultura popular

O professor Luiz Assunção, coordenador do Grupo de Estudos sobre Cultura Popular, do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lança nesta terça-feira, 20, às 18h na Cooperativa Cultural do Campos Universitário os livros "Um Barco: experiências etnográficas e diálogos com as culturas populares" e, "Da minha folha: múltiplos olhares sobre as religiões afro-brasileiras".
As obras são fruto de estudos referentes à cultura popular brasileira e enfocam o sincretismo e a diversidade desse campo.
O livro "Um Barco: experiências etnográficas e diálogos com as culturas populares", organizado pelo professor, traz temas de dissertações e teses, resultado de estudos realizados por 13 alunos dos Cursos de Pós-graduação em Ciências Sociais e Antropologia da UFRN.
Os estudantes realizaram suas pesquisas e reflexões conceituais em diferentes períodos no decorrer desta última década, tendo como base o Grupo de Estudos sobre Culturas Populares, e trazem à luz temas que se situam no campo de estudos das religiões (catolicismo popular, afro-brasileira), das formas de expressão artística (música, teatro, artesanato, dança) e da etnicidade (ciganos).
Já a obra "Da minha folha: múltiplos olhares sobre as religiões afro-brasileiras" é fruto de uma parceria entre o antropólogo e a Faculdade de Teologia Umbandista de São Paulo e reúne um conjunto de trabalhos dedicado às religiões afro-brasileiras, numa tentativa de aproximar diferentes formas de compreensão do fenômeno religioso, seja do ponto de vista acadêmico-científico, seja do ponto de vista teológico.
“Da minha folha” contribui para a compreensão e o debate acerca das variadas abordagens sobre as diferentes constituições religiosas existentes ao longo do país: a tradição da mina maranhense, a jurema nordestina, a umbanda do sudeste. Os planos se intercalam e o leitor poderá perceber a enorme importância social que têm essas religiosidades de origem africana, em diálogo com as tradições católicas e indígenas, no cotidiano de milhões de brasileiros.
Mais informações pelo telefone 3211-9385.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Sexualidade, gênero e identidade são os temas do Cine Tirésias, projeto que está dentro da programação do Seminário Internacional Desfazendo Gênero, na UFRN

Por Wendell Marcel

A UFRN vai receber nos próximos dias 14, 15 e 16 de agosto o Seminário Internacional Desfazendo Gênero, que traz em sua programação uma série de debates sobre a questão da sexualidade e das identidades e um discurso de pluralidade entre os gêneros. O evento é articulado pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Diversidade Sexual, Gênero e Direitos Humanos (Tirésias), desenvolvendo uma grande novidade para os amantes do cinema: uma série de filmes conhecidos e alternativos serão exibidos sobre a temática do Seminário.

O Cine Tirésias, que está dentro da programação do Seminário Internacional Desfazendo Gênero, vai acontecer nos auditórios do CCHLA (Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFRN, próximo ao setor II e da Biblioteca Zila Mamede), começando pela manhã e se estendendo até à noite. No todo, serão apresentados 18 filmes, dentro os quais serão apresentados Orações Para Bobby (dir. Russell Mulcahy), Tomboy (dir. Céline Sciamma), 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (dir. Cristian Mungiu) e Frida (dir. Julie Taymor), além de produções de curta-metragens. 

As várias sessões de filmes vão abranger diversos e requisitados temas sobre sexualidade, gênero, descriminação e a intensa crítica sobre as instituições sociais que predizem a divisão entre as identidades sociais da atualidade, através de uma cultura de massas midiáticas.

Segundo o cronograma do Cine Tirésias, disponível na página do Seminário Internacional no Facebook, o primeiro filme será exibido às 9h da manhã, enquanto que o último, às 17h, com exceção do terceiro dia, que será exibido 10 minutos mais tarde. O Seminário Internacional Desfazendo Gênero e, principalmente a coluna Cine Tirésias, está realizando um grande e interessante projeto dentro da universidade, que fomenta não apenas a discussão sobre os temas propostos como também a dinamização de informações e trocas de experiências.

UFRN e MEC realizam Conferência Estadual de Educação do RN

O Fórum Estadual de Educação do Rio Grande do Norte (FEE-RN), com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Ministério da Educação (MEC), realiza, nos dias 27 e 28 de agosto, no Hotel Pirâmide, a Conferência Estadual de Educação do RN (COEED/RN).
Com o objetivo de realizar uma ampla mobilização com a sociedade civil para construção coletiva das políticas educacionais, a Conferência Estadual é uma preparação para a Conferência Nacional de Educação (CONAE 2014), que ocorrerá em fevereiro de 2014, em Brasília.
O evento contará com a presença de estudantes, de professores,de pais, de entidades sindicais, de movimentos sociais e conselhos de educação envolvidos com a Educação Básica, Profissional e Superior. Além de delegados indicados pelas entidades nacionais de educação, movimentos da diversidade e do Ministério Público.
Mais informações com a coordenadora do evento, Luciane (9928-0712) e com a professora Mariângela (9954-4404).
Fonte: UFRN.br

RN tem médicos selecionados pelo "Mais médicos"

Natal e mais dez municípios do interior do Rio Grande do Norte irão receber médicos pelo programa Mais Médicos. De acordo com o Ministério da Saúde, 19 médicos confirmaram a inscrição no programa e a maioria vai atuar nas periferias da capital e região metropolitana.

O número de vagas preenchidas equivale a 6,6% da demanda dos municípios do estado, que apontaram a necessidade de 286 profissionais de medicina para completar seus quadros na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em todo o Brasil, 938 médicos assinaram o termo de compromisso confirmando a participação no programa. Deste universo, 51,8% selecionaram municípios das periferias de capitais e regiões metropolitanas e os 48,1% restantes, municípios do interior de alta vulnerabilidade social, totalizando 404 cidades atendidas nesta chamada. O número de vagas preenchidas equivale a 6% da necessidade de 15.460 médicos apontada pelos municípios de todo o país.

A maioria (58,42%) dos 938 médicos participantes é homem e 41,5% são mulheres. Do total, 47,2% são jovens profissionais, entre 23 e 30 anos, e 25,48% estão na faixa etária que vai de 31 a 40 anos. Acima de 41 anos, somam 27,24%, sendo que dessa parcela cerca de 9% tem mais de 61 anos. 

Em relação à formação, 49,5% são médicos que concluíram a graduação entre 2011 e 2013. A grande maioria dos profissionais (74%) se formou nos últimos dez anos.

Confira quais os municípios contemplados e quantos médicos irão receber:

Alexandria - 1
Bom Jesus - 1
Caraúbas - 2
Extremoz - 1
Lagoa de Pedras - 1
Macaíba - 2
Natal - 7
Olho D'água do Borges - 1
Riacho da Cruz - 1
Serra Caiada - 1
Touros - 1

Retirado de tribunadonorte.com.br

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Núcleo de Arte e Cultura da UFRN realiza Projeto Circuito Trans-Forme

O Núcleo de Arte e Cultura (NAC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza o Projeto Circuito Trans-Forme, no dia 28 de agosto. A programação consta de mesas temáticas realizadas na Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM), das 14h30 às 17h30, e da realização do show Trans-Forme, em caminhão palco.

Serão realizadas três mesas temáticas, sendo a primeira “Música e Empreendedorismo: Estratégias de administração de um artista independente no mercado da música globalizada”, ministrada pelo músico Silvério Pessoa; a segunda será dirigida por Karina Hoover, de Pernambuco, com o tema “Produção Cultural de produção à produtora: uma nuance da vivência nas diversas atividades culturais, em posições de contratante e contratada”. E a terceira mesa é sobre “Mamelugos: Thiago, Weré, Igor e Peu (PE)”, relatam como iniciar uma carreira musical nos dias atuais e se promover nessa área de atuação.
O projeto tem como um encerramento o show de Silvério Pessoa, às 19h30, na Praça Cívica do Campus da UFRN, com acesso livre ao público. 


Mais informações no site do Núcleo de Arte e Cultura da UFRN (NAC) www.nac.ufrn.br ou pelos telefones: 3215-3237 ou 3215-3263.

Fonte: UFRN.br

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Oportunidade de estágio; Cosern 2013

Estão abertas as inscrições para o Programa de Estágio Cosern 2013 (Companhia Energética do Rio Grande do Norte), uma das empresas controladas pela holding Neoenergia S.A., maior grupo privado de energia do Norte e Nordeste e terceira maior holding do País.

Perfil do Estagiário Cosern:

- Previsão de formatura: de Julho/2015 a Dezembro/2016;

- Cursos elegíveis: Administração, Arquitetura, Ciência da Computação, Ciências Ambientais, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Desenho Industrial, Design, Direito, Economia, Engenharias, Estatística, Geografia, Geologia, Informática, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social e Sistemas de Informação.

Como se inscrever:

Os candidatos interessados devem se inscrever no site www.neoenergia.com.

Em caso de dúvidas, os candidatos devem entrar em contato através do e-mail exclusivo do programa: neoenergiacosern@claveconsultoria.com.br.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Novos computadores do LabCom fazem "sucesso" na internet



Essa semana um fato curioso chamou a atenção do mundo da internet, principalmente entre alunos e ex-alunos da UFRN. Um estudante do curso de comunicação social resolveu colocar a foto dos novos computadores do Laboratório de Comunicação da UFRN numa grande rede social. A tecnologia de ponta dos computadores logo fez com que a notícia se espalhasse rapidamente na rede. 


O fato, além do humor, provocou também a atenção pela grande mudança que a instituição sofreu nos últimos tempos. Muitos estudantes disseram nunca ter visto tamanho avanço tecnológico. Um ex-aluno de comunicação da UFRN, hoje jornalista, chamou a atenção ao dizer: "na minha época não havia nem laboratório".

Perguntada sobre como vê a possibilidade de, hoje, termos uma universidade bem estruturada e soberana a coordenadora geral do DCE Danyelle Guedes, disse: "A expansão da UFRN foi prioridade para nós, e ganhou mais força com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), criado em 2007. Foi através do REUNI que foi possível ocorrer tantas construções, obras, ampliação de vagas nos cursos nos últimos anos. Além de uma visível melhoria em toda a infra estrutura e qualidade do ensino. Por esses e outros motivos que A UFRN foi eleita a Melhor Universidade do Norte, Nordeste e Centro Oeste."

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Aula pública na BCZM discute impacto da leitura na atividade cerebral

O evento acontece hoje dia 6, às 19h, com a participação do pesquisador Felipe Pegado. O impacto do aprendizado da leitura na atividade cerebral: estudos com analfabetos adultos é o tema da aula pública promovida pelo projeto Educação Leitura e Neurociências em Debate.

Essa atividade está inserida em duas ações voltadas para a leitura na UFRN. O Projeto “Leitura + Neurociências”, desenvolvido pela UFRN em convênio com o Programa Mais Educação da Secretaria de Educação Básica do MEC, visa capacitar e formar professores da rede pública de ensino em uma metodologia inovadora de alfabetização e faz parte da disciplina de Bases Neurais da Leitura, oferecida pelo Instituto do Cérebro da UFRN aos alunos dos cursos de graduação.

O evento é organizado pelos professores Antônio Pereira, do Instituto do Cérebro da UFRN, e Angela Chuvas Naschold, do Departamento de Educação do CERES.

O pesquisador Felipe Pegado possui formação médica com residência em psiquiatria infantil no Hospital St. Anne,  localizado em Paris, desenvolvendo estudos na Unidade de Neuroimagem Cognitiva do INCERM-CEA de Paris e dirigido pelo mundialmente reconhecido cientista Stanilas Dehaene. Felipe Pegado tem uma vasta publicação envolvendo as questões de leitura/alfabetização/neuroimagem.

Fonte: UFRN.br

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Núcleo de prática jurídica da UFRN é destaque pelo boletim diário da AGECOM

Núcleo de prática jurídica da UFRN presta serviço à comunidade e promove aprendizado a estudantes.

Por Kalianny Bezerra
Foi só com 21 anos, quando entrou na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), no curso de Psicologia, que Emily Mel se descobriu transexual. “Posso ter nascido XY, mas sou mulher”, afirma. Sobre seu nome de registro, responde: “Eu não falo meu nome de registro para ninguém!”.

O nome Emilly Mel Fernandes Souza, é exibido nos documentos de uso interno da Instituição, como no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), graças à Resolução nº 232/2012-Consepe, da UFRN, norma que assegura ao aluno cujo nome oficial não reflita sua identidade de gênero a possibilidade do uso de outro nome nos registros acadêmicos.

Mas, segundo a estudante, mesmo com a mudança de seu nome social dentro da UFRN, é difícil conviver com o preconceito da sociedade. “É constrangedor estar numa fila, ouvir chamar o nome de um homem e eu ter que me levantar. As pessoas que estão ao meu redor ficam curiosas e confusas. No fim, eu viro alvo de olhares”, conta.

Por isso, no início de 2013, a estudante procurou o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da UFRN, espaço que oferece assistência jurídica gratuita para pessoas com baixa renda, auxiliando e prestando atendimento à população carente. Ela pleiteia com a ajuda do Núcleo a mudança de seu prenome e sexo nos documentos oficiais.

O coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da UFRN e professor do Departamento de Direito Privado, João Paulo dos Santos Melo, explica que casos como o de Emilly Mel chegam ao NPJ com menos frequência. As ações mais recorrentes são aquelas que envolvem família. “São mais usuais petições do tipo pensão alimentícia, separação e guarda de menor”.

Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da UFRN e professor do Departamento de Direito Privado, João Paulo dos Santos Melo, explica que as ações mais recorrentes são aquelas que envolvem família: “São mais usuais petições do tipo pensão alimentícia, separação e guarda de menor”
O Núcleo exerce um papel duplo dentro da Universidade. Além de colocar o aluno dentro de atividades de extensão, presta um serviço social para a comunidade. Participam do NPJ estudantes que estejam cursando o 9º e o 10º período do Curso de Direito. “O Núcleo ajuda a colocar em prática tudo aquilo que foi aprendido durante a graduação”, explica o professor.
Essa prática do “exercício simulado com casos reais” acaba fazendo muitos estudantes desenvolverem aptidões necessárias e voltadas para o mercado de trabalho, muitas vezes colaborando para que os estudantes descubram sua vocação.

É o caso de Bárbara Patriota. Segundo ela, atuar num caso de verdade fez ela se aproximar da advocacia. “Nunca tinha cogitado advogar, mas o caso da Emilly Mel me fez gostar muito de trabalhar nesse ramo do Direito. Foi e está sendo um aprendizado imenso”, destaca.

Até o momento, a ação de Emilly Mel Fernandes Souza não foi concluída. Atendendo solicitação judicial, a transexual está fazendo uma série de exames para compor um laudo técnico. “Não vou desistir de lutar pelos meus direitos. E sei que vou poder contar com muitas pessoas para realizar meus sonhos, como o pessoal do NPJ, diz.

Em 2013, até o momento, o NPJ atendeu 200 pessoas. Em 2012, foram 545 atendimentos. Segundo o professor João Paulo, do total, 67 processos foram finalizados em 111 audiências realizadas de janeiro a dezembro.  “É importante ressaltar que essas pessoas que nos procuram passam por uma entrevista na qual avaliamos se ela está dentro dos requisitos estabelecidos para atendimento. Por exemplo, se ela recebe menos de dois salários mínimos”, acrescenta.

História
O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi criado com o objetivo de aproximar os estudantes de Direito e a comunidade carente da cidade de Natal, por meio da assistência jurídica gratuita. Criado em 1º de julho de 1963, por Otto de Brito Guerra, então diretor e professor da antiga Faculdade de Direito, o Núcleo se espelhava na prática judiciária da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

O espaço ocupado pelo NPJ, logo quando criado, foi o antigo prédio da Faculdade de Direito de Natal, localizado no Bairro da Ribeira, e um dos primeiros coordenadores foi o advogado Diógenes da Cunha Lima.

Com a transferência do Curso de Direito para o Campus Universitário, em 1974, ele foi reestruturado, passando a se chamar Setor de Prática Jurídica, vinculado ao Centro de Ciências Sociais Aplicadas. No dia 7 de abril de 1998, por intermédio da Resolução Nº 017/98 – CONSEPE foi reformulado para Núcleo de Prática Jurídica do Curso de Direito.

Hoje, o Núcleo tem sua sede localizada no Setor I do Campus Universitário. O prédio conta com quatro pavimentos, divididos em 17 salas, auditório e sala para a Pós-Graduação de Direito.

Anastácia Vaz

O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi criado com o objetivo de aproximar os estudantes de Direito e a comunidade carente da cidade de Natal, por meio da assistência jurídica gratuita 

Informações gerais das bibliotecas da UFRN.

Por entendemos que alunos novatos e também muitos veteranos necessitam dos serviços das bibliotecas, disponibilizamos informações gerais sobre todas as bibliotecas da UFRN, incluindo a Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM):

BIBLIOTECA CENTRAL ZILA MAMEDE - BCZM

A Biblioteca Central Zila Mamede é um órgão suplementar, vinculado à Reitoria, diretamente subordinada ao Reitor. É um órgão central executivo, responsável pela administração, planejamento, coordenação e fiscalização das atividades do Sistema de Bibliotecas-SISBI da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Diretora: Ana Cristina Cavalcanti Tinôco

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Lagoa Nova
Caixa Postal: 1524 | CEP 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 22h
Tel.: (0xx84) 3215-3841
Fax: (0xx84) 3215-3856 
E-mail: bcdir@bczm.ufrn.br
Site: www.bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Bibliotecário responsável: João Bosco de Medeiros

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua Gen. Gustavo Cordeiro de Farias, s/n - Petrópolis
CEP: 59010-180 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 18h
Tel/Fax: (0xx84) 3215-4223
E-mail: bsccs@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA EM ENFERMAGEM PROFª BERTHA CRUZ ENDERS

Bibliotecária responsável: Maria Regina de Souza Carvalho

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Lagoa Nova
CEP: 59.078-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 21h
Tel/Fax: (0xx84) 3215-3669 / 3215-3765 
E-mail: bseenf@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA

Bibliotecária responsável: Cecília Isabel dos Santos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Av. Salgado Filho, 1787 - Lagoa Nova
CEP: 59056-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 21h45
Sábado - 8h às 11h45
Tel/Fax: (0xx84) 3215-3841/ Fax 3215.3856 
E-mail: bcdir@bczm.ufrn.br
Site: www.bczm.ufrn.br



BIBLIOTECA SETORIAL DO COLÉGIO AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ (CAJ)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Av. Jundiaí, s/n
CEP: 59280-000 | Macaíba-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3342-4817 
E-mail: bseaj@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO CENTRO DE BIOCIÊNCIAS - CB

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Centro de Biociências | Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h às 11h / 13h às 17h
Tel.: (0xx84) 3342-4817 
E-mail: bsecb@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA - CCET

Bibliotecária responsável: Joseneide Ferreira Dantas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Centro de Ciências Exatas e da Terra | Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3215-3639 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES - CCHLA

Bibliotecária responsável: Márcia Maria Marques

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes | Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 21h
Tel.: (0xx84) 3215-3430 
E-mail: bsecchla@bczm.ufrn.br 
Site: www.cchla.ufrn.br/biblioteca


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA EM MÚSICA Pe. JAIME MARIZ

Bibliotecária responsável: Elizabeth Sachi Kanzaki Ribeiro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Escola de Música | Lagoa Nova
CEP: 59.072-970 | Natal-RN / Brasil



BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

Bibliotecária responsável: Ericka Luana Gomes da Costa

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Av. Sen. Salgado Filho, 3000 - Campus Universitário
CEP: 59078-900 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 7h 30min às 11h 30min / 13h 30min às 17h
Tel.: (0xx84) 3215-3707 | Ramal: 229 
E-mail: dsearq@bczm.ufrn.br 


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO DEPARTAMENTO DE QUÍMICA

Bibliotecária responsável: Sônia Maria Leite

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Centro de Ciências Exatas e da Terra | Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3215-3828 | Ramal: 201


BIBLIOTECA SETORIAL DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Av. Sen. Salgado Filho, 3000 - Campus Universitário
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 8h às 12h / 14h às 18h
Tel.: (0xx84) 3215-3769 | Ramal: 204 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Av. Sen. Salgado Filho, s/n - Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3215-3770 | Ramal: 226 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL ESPECIALIZADA DO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS - CCSA

Bibliotecária responsável: Shirley de Carvalho Guedes

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Campus Universitário, s/n - Centro de Ciências Sociais Aplicadas | Lagoa Nova
CEP: 59072-970 | Natal-RN / Brasil

Horário de Funcionamento: Segunda à Sexta-Feira - 8h às 18h
Tel.: (0xx84) 3215-3503 
E-mail: bseccsa@bczm.ufrn.br 
Site: www.ccsa.ufrn.br/ccsa/biblioteca_set.php


BIBLIOTECA SETORIAL DO CENTRO REGIONAL DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ - CAICÓ

Bibliotecária responsável: Eliane Leal Duarte

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua J. E. Medeiros, s/n
CEP: 59300-000 | Caicó-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3421-2153 / 3417-1259 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO CENTRO REGIONAL DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ - CURRAIS NOVOS

Bibliotecária responsável: Marjorie Rosielli Silva do Amaral

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua M. Brejuí, s/n
CEP: 59380-000 | Currais Novos-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3431-1692 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO CENTRO REGIONAL DE ENSINO SUPERIOR DO TRAIRÍ (NEST)- SANTA CRUZ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua Santo André s/n - CCI | NEST
CEP: 59200-000 | Santa Cruz-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3291-2411 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO NÚCLEO DE ENSINO SUPERIOR DO AGRESTE - NOVA CRUZ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua Assis Chateaubriand, s/n
CEP: 59215-000 | Nova Cruz-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3281-2013 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br


BIBLIOTECA SETORIAL DO NÚCLEO DE ENSINO SUPERIOR DE MACAU

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
Endereço: Rua Pe. J. Clemente, s/n
CEP: 59500-000 | Macau-RN / Brasil

Tel.: (0xx84) 3521-1120 
E-mail: cobiset@bczm.ufrn.br

Informações de UFRN.br