Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

'

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

quinta-feira, 27 de junho de 2013

UNE faz grande marcha em Brasília por mais verbas para educação

O processo democrático de ocupar as ruas do país tem contado com a participação da UNE e dos estudantes organizados desde os primeiros atos. Para ampliar e dar continuidade aos protestos em direção ao fortalecimento da democracia e a conquista objetiva de mais direitos para a juventude, a entidade organizou uma grande manifestação em Brasília, nessa quinta-feira (27), reforçando as atuais pautas do movimento estudantil e exigindo a celeridade na aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) com a garantia de 10% do PIB do país investidos em educação pública. Os estudantes pressionaram também os parlamentares para que o projeto que destina os royalties do petróleo e 50% de todo o fundo social do Pré-sal para a educação, aprovado na madrugada do dia 26/06 na Câmara, não sofra retrocessos.

Por cerca de duas horas, quase dez mil estudantes caminharam com vigor e coloriram as ruas de Brasília, rumo ao Congresso Nacional. Antes mesmo de chegarem ao famoso Espelho d’água, ainda na fachada da Biblioteca Nacional que leva o nome de Honestino Guimarães, palavras de ordem como “o dinheiro do meu pai não é capim eu quero passe livre, sim”, já ecoavam por todo Planalto Central.

No gramado do Congresso, os estudantes continuaram reivindicando mais direitos para a juventude. A presidenta da UNE, Vic Barros, pedia para que os estudantes pressionassem ainda mais a pauta que foi vitoriosa na Câmara na última quarta-feira. O projeto em que União, Estados e municípios terão obrigatoriamente de investir 75% dos royalties e 50% do Fundo Social do Pré-sal em educação pública precisa ainda ser aprovado pelo Senado.

Lideranças do MST, UBES, CONTEE e CTB também estiveram presentes apoiando a manifestação e a luta dos estudantes. Raul Amorin, da coordenação do MST, reafirmou a importância da juventude se organizar para brigar por um PNE justo: “A juventude faz a história de uma nação. Vamos à luta! Essa luta é nossa!”, exclamou.

Estudantes de diversos estados também atravessaram o Brasil para chegar a Brasília. Acre, Bahia, Pará, Rio de Janeiro, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais marcaram presença com presidentes de entidades estaduais e diretores da UBES e UNE.


A grande marcha fechou com chave de ouro, com o tradicional mergulho no Espelho d água do Congresso Nacional. A presidenta da UNE, Vic Barros, e a presidenta da UBES, Manuela Braga, em protesto irreverente contra o projeto da “cura gay”, ainda fizeram um grande BEIJAÇO, com direito a selinho, incentivando outros jovens a lutarem pela liberdade sexual e a presença de um Estado laico.

Para a UNE, a “cura gay” é uma incitação à homofobia e um insulto à dignidade humana. “A orientação sexual é uma das expressões da condição do sujeito e sua livre manifestação é direito humano fundamental, que deve ser respeitado. Não há cura onde não existe doença”, ratificou Vic Barros. A UNE também pediu durante a manifestação a ampliação de financiamentos para universitários, reforma política, passe livre estudantil e democratização dos meios de comunicação.

Pressão no Congresso

Após a passeata, um grupo de estudantes formado por diretores da UNE e da UBES participaram de reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e uma comissão suprapartidária de senadores para pressionar a votação do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê a destinação de 10% do PIB para o setor.

“Viemos exigir celeridade na tramitação dos projetos que defendemos há anos. Calheiros disse que na próxima semana coloca o PNE em votação”, assegurou Vic Barros. Segundo a presidenta, os estudantes também exigiram prioridade na aprovação do passe livre para estudantes e da reforma política.

“Todos esses pedidos são fruto das nossas lutas nas ruas”, pontuou Vic.

Entenda o PNE

O Plano Nacional de Educação (PNE) é uma grande oportunidade de conquistar políticas que superem a dívida histórica do Brasil, democratizando radicalmente o acesso à educação pública, gratuita e de qualidade. Enviado ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo em dezembro de 2010, o Projeto de Lei nº 8035/2010 ainda não foi aprovado e está, atualmente, nas mãos do Senado. Um dos principais entraves para sua aprovação é, exatamente, a parte do texto que explicita o valor do PIB a ser destinado para a educação.

Estudantes de diversos estados também atravessaram o Brasil para chegar a Brasília. Acre, Bahia, Pará, Rio de Janeiro, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais marcaram presença com presidentes de entidades estaduais e diretores da UBES e UNE.

Patrícia Blumberg e Rafael Minoro

quarta-feira, 19 de junho de 2013

8° Mutirão Brasileiro de Comunicação continua com inscrições abertas

O 8° Mutirão Brasileiro de Comunicação, que será realizado entre os dias 27 de outubro e 1º de novembro deste ano na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), prossegue com as inscrições abertas. 

O evento tem como tema "Comunicação e Participação Cidadã: Meios e Processos". Estudantes de graduação e pós-graduação, docentes e servidores técnico-administrativos da UFRN podem realizar suas inscrições de forma gratuita, através do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA).

Participarão do evento reconhecidos teóricos da comunicação do Brasil, como o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Muniz Sodré e os professores da Universidade de São Paulo (USP) Manuel Carlos Chaparro e Laurindo Lalo Leal Filho.

A abertura do mutirão será no dia 27 de outubro, às 19h, no Hotel Praiamar. Dentro da programação está prevista, para o dia 28, às 9h, uma conferência de abertura com o professor Muniz Sodré. Ao longo do evento haverá diversos Grupos de Trabalhos (GTs), como: Rádio Educativa e Comercial, Impressos, Pastoral da Comunicação (PASCOM), Web-Rádio e Web-TV, Rádios comunitárias, Comunicação e Catequese e Assessoria de Comunicação e promoção de eventos.

O período do envio de trabalhos é de 1º de abril a 1º de julho e deve ser feito através do e-mail gts@muticom.com.br. A avaliação será feita pela equipe acadêmica do evento no período de 2 de julho a 2 de agosto de 2013. O resultado final dos trabalhos selecionados será divulgado no dia 12 de agosto de 2013, no site do Muticom (www.muticom.com.br).

Mais informações pelo e-mail: contato@muticom.com.br ou gts@muticom.com.br.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Coordenadora Geral aborda o PNAES em Reunião do CONSAD.

No dia 06 de Junho houve mais uma importante reunião em que o DCE participou. Em reunião do CONSAD - Conselho de Administração da UFRN, foi discutido a proposta de orçamento da UFRN. A Coordenadora Geral do DCE, Danyelle Guedes e o Conselheiro Discente, Maycon Silva fazem algumas reivindicações, especificamente em relação a verba do PNAES – Plano Nacional de Assistência Estudantil. Verba essa que deve ser gasta apenas com a assistência, permanência dos estudantes na Universidade. 

Todas as reivindicações feitas foram aprovadas por unanimidade no Conselho Superior. Em resumo, os representantes dos estudantes reivindicam: a compra de uma Van com acessibilidade para transporte de estudantes com necessidades especiais dentro do campus; que em vez de Festival Universitário da Canção, haja o Festival de Arte e Cultura com várias modalidades; a compra de uma ambulância para a UFRN, para prestar os primeiros socorros, atendimentos a alunos que possam vir a passar mal. 

Para saber das nossas conquistas assista o vídeo:


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Grupo no Facebook faz sucesso entre gays e simpatizantes da UFRN

O Boys UFRN tem sido um excelente ambiente de discussão sobre práticas sexuais e ponto de encontro para novas descobertas

Fonte: Blog do Allyson Moreira

Com o objetivo de oferecer um espaço virtual para compartilhamento de experiências de relacionamentos e discussão sobre sexualidade, um jovem estudante da Universidade Federal do Rio Grande do Norte criou no mês passado o Boys UFRN, grupo fechado no Facebook para homossexuais e simpatizantes que estudam na Universidade.

Descontraído e plural, o Boys UFRN é composto atualmente por setenta e cinco membros, entre 18 e 32 anos, dos mais diferentes cursos. De acordo com o moderador, D.M., 18, o grupo é um espaço discreto para jovens discutirem principalmente sobre o universo gay.

“No Dia das Mães um amigo meu postou no grupo da UFRN no Facebook a foto de um casal gay com filho, ressaltando a existência de um novo arranjo familiar. A partir de então, muitos comentários preconceituosos foram deflagrados, gerando polêmica no entorno da discussão de gênero”, lembra. Foi nesse momento que ele percebeu a necessidade de criar um grupo onde os homossexuais e simpatizantes indignados com o acontecido pudessem interagir e dar continuidade ao debate.

O grupo também tem sido um espaço propício para muita paquera e azaração. O estudante de teatro Rodrigo Silbat, 24, diz já conhecer vinte e seis membros dos setenta e cinco que compõem o Boys UFRN. Para ele, o grupo é um espaço excelente para conhecer novos amigos e até mesmo para namorar.

O ator Roberto Silbat em espetáculo sobre relacionamento amorosos no ambiente virtual 
(Foto: Arquivo Pessoal)  

“Organizamos o primeiro encontro dos membros do Boys em um bar da cidade. Conversamos muito, despudoradamente, sobre diversos assuntos. Compartilhamos fotos e comemoramos as ideias em comum dando sorrisos, beijos, abraços e brindando as coincidências. É sempre bom estar com pessoas que experimentam a liberdade de ser o que querem”, conta.

Rodrigo Silbat é de uma família tradicional que não tem o hábito de conversar abertamente sobre sexo. Gay assumido, ele desde muito cedo utilizou internet para pesquisar sobre sexualidade e buscar entender sobre o que estava sentindo no período em que se descobria sexualmente. Foi a partir dessa experiência que ele teve a ideia de criar um espetáculo de performance e dança contemporânea sobre o assunto, o “Quer TC?”, contando histórias de pessoas que procuram relacionamentos amorosos no ambiente virtual.  Do Boys, Silbat não descarta a possibilidade de surgir um relacionamento mais sério.  “O amor é um sentimento que pode brotar na lama, em qualquer lugar”, poetiza.

O universitário Rodrigo Platão é viciado em mídias sociais e está no Boys para conhecer gente nova

Já universitário Rodrigo Platão, 21, acessa as mídias sociais diariamente para manter contato com os colegas mais próximos e até para conhecer pessoas de outros países. Entrou no Boys sem saber inicialmente sobre o que se tratava. Só depois que as notificações começaram a chegar foi perceber e, a partir daí, interagir com os membros, com que diz ter um bom relacionamento. “Eles são muito comunicativos e bacanas, mas pessoalmente conheço apenas um”, conta. Quanto a possibilidade de se envolver um pouco mais com algum membro do grupo, Platão diz não ter interesse. “Conversamos muito no Facebook e até no WhatsApp (aplicativo para envio de mensagens gratuitas no celular), mas minhas intenções são outras”, explica.

No Boys UFRN somente membros podem ver o grupo e o que nele está sento publicado. Essa restrição é fundamental para manter o sigilo dos membros que ainda não assumiram publicamente a orientação sexual. Para fazer parte o interessado deve ser necessariamente homem e conhecer alguém do Boys que possa adicioná-lo.

Seja para debater os principais assuntos do dia, conhecer novas amizades, compartilhar histórias e procurar a cara metade, o Boys UFRN é um espaço plural e sem restrições. Nele cabe todo mundo, só o preconceito que fica de fora.

Comissão da Verdade entrevista ex-reitor Daladier Cunha Lima

Nesta sexta-feira,14, às 14h30, a Comissão da Verdade da UFRN recebe na sala dos Colegiados Superiores, localizado no prédio da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o ex-reitor da UFRN Daladier Pessoa Cunha Lima.

A Comissão, que é presidida pelo professor Carlos Roberto de Miranda, tem finalidade de examinar e esclarecer as violações aos Direitos Humanos no período da Ditadura Militar, entre 1964 e 1988. A proposta é apurar especialmente os crimes sofridos por membros da comunidade acadêmica, como professores, servidores e estudantes da UFRN naquele momento.

Desde que foi instalada, no dia 18 de dezembro de 2012, a Comissão já entrevistou 26 pessoas, entre elas os ex- reitores Diogenes da Cunha Lima, Geraldo Queiroz e Genibaldo Barros, além do professor Aldo Tinoco e do coronel aposentado José Renato Leite.

As reuniões da comissão acontecem toda a sexta-feira, na Sala dos Colegiados Superiores, e é aberta ao público.
Fonte: UFRN.br

terça-feira, 11 de junho de 2013

DCE/UFRN lança Ouvidoria

Com o objetivo de diagnosticar e atuar sobre os problemas do cotidiano dos estudantes da UFRN, o Diretório Central dos Estudantes acaba de lançar, na sua fan page, uma Ouvidoria. No formulário disponibilizado, o estudante apresenta sua queixa em relação à universidade e os coordenadores darão um retorno e promoverão as iniciativas necessárias para resolução do problema.

Para o coordenador de imprensa e divulgação do DCE, Ramon Alves, o objetivo é estreitar as relações entre entidade e estudantes. "É comum que um ou outro coordenador receba queixas e pedidos em relação a problemas vivenciados na universidade, mas essa iniciativa da Ouvidoria do DCE visa ter uma visão específica, mas também de conjunto, permitindo que a entidade possa, para além de buscar uma solução isolada para determinado conflito, compreender e desenvolver campanhas para mediar questões que já passaram do micro para o macro".

Segundo Ramon, é preciso dar aos estudantes respostas com agilidade e qualidade. "Cada problema apresentado através da Ouvidoria demandará o DCE para sua resolução. Precisamos oferecer um banco de soluções, dando retorno aos estudantes sobre os pleitos estabelecendo um acúmulo de conhecimento para agir em cada situação com mais precisão".

O link para acessar a fan page do DCE é o http://www.facebook.com/dceufrn.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Inscrições para o SiSU estão abertas até a próxima sexta-feira, 14

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para vagas em cursos de graduação em universidades federais e institutos federais de ensino superior com início no segundo semestre deste ano estão abertas a partir desta segunda-feira, 10, e podem ser feitas até o dia 14.

Podem participar do processo os estudantes aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2012 que não tenham tirado nota zero na redação. Os candidatos podem escolher duas opções de vagas disponíveis na Instituição, além de  especificar o local de oferta, o curso e o turno.

A primeira chamada do SiSU será feita no dia 17 de junho, com matrículas nas respectivas instituições dias 21, 24 e 25. A segunda chamada acontece no dia 1º de julho, com matrículas nos dias 5, 8 e 9 de julho.

UFRN

Neste segundo semestre, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) disponibiliza 2.454 vagas, que serão distribuídas nos cursos de graduação dos campi de Natal, Currais Novos e Santa Cruz.

Segundo o pró-reitor adjunto de Graduação, Adelardo Dantas Medeiros,  pela primeira vez  cursos de grande demanda, como Medicina, Direito, Ciências Contábeis e Engenharia Civil, terão entrada através desse processo.

Os interessados em concorrer a uma vaga nas universidades federais, entre elas a UFRN, devem se inscrever no site do SiSU: www.sisu.mec.gov.br.

domingo, 9 de junho de 2013

Vitória! Justiça manda habilitar UBES para emissão do selo da meia passagem intermunicipal

Em decisão concedida na última sexta-feira, a justiça do Rio Grande do Norte ordenou ao Departamento de Estradas de Rodagem a habilitação imediata da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) para emissão do selo que dá direito à meia passagem intermunicipal. Segundo a decisão proferida nos autos do processo 0802457-83.2013.8.20.0001, em que a entidade move contra o Estado do Rio Grande do Norte, a juíza Francimar Dias Araújo da Silva decidiu que o órgão deve "proceder de imediato verificação da habilitação do demandante no processo de cadastramento para emissão de carteiras de estudante, com direito a meia passagem, em relação ao periodo 2013/2014".

Na decisão da magistrada, ela considera que o DER, no tocante a exigir a apresentação do documento de 65 diretores, "utilizou-se de forma limitadora do exercício de um direito, uma vez que, embora não impossível de ser cumprido, no mínimo poderia acarretar a inviabilização de participação do processo de habilitação na medida em dificultaria a obtenção da completa documentação de todos os membros, espalhados por todo o Brasil, num prazo exíguo, como o ofertado em edital."

Para o tesoureiro geral da UBES, Pedro Henrique, a decisão é mais uma vitória dos estudantes na defesa do seu direito. "Todos os projetos de lei no Congresso Nacional, no que tange à utilização do direito à meia-entrada relacionam exclusivamente a UBES e a UNE como entidades emissoras do documento. A partir de 2014, o mercado persa que se tornou a carteira de estudante vai findar e a carteira se tornará cada vez mais segura e confiável. O DER vai na contramão disso e profere uma decisão absurda, atrapalhando a obtenção do direito pelo estudante", afirmou.

O dirigente nacional da entidade espera que a partir de agora o governo estadual instale o Conselho Administrativo da Meia Passagem Intermunicipal, composto pela APES e pela UNE, e tome os fatos deste ano como lição. "O objetivo das entidades não é politizar o assunto, não se trata de uma briga do movimento estudantil contra o governo, mas uma pressão justa que exercemos e exerceremos para que não haja retrocesso na lei que nós ajudamos a conquistar", finalizou o tesoureiro da UBES.

Nesta segunda-feira, a entidade reivindicará a inclusão da UBES no rol de entidades habilitadas para emissão do selo que dá direito à meia passagem intermunicipal.

Fonte: EstudanteRN

sábado, 8 de junho de 2013

Com manobra jurídica, governo do RN inabilita UNE e prejudica milhares de estudantes de Natal

No último dia 5 de junho, com a assinatura do Diretor do Departamento de Estradas de Rodagem, Demétrio Torres, o órgão decidiu pela inabilitação das entidades estudantis nacionais, UNE (União Nacional dos Estudantes) e UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) para emissão do selo que dá direito à utilização no sistema de meia passagem intermunicipal. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado.

O órgão ignorou a decisão do Tribunal de Justiça do RN que em 2011 decidiu que era desproporcional exigir das entidades nacionais documentos de todos os seus diretores, que, juntas, somam mais de 150 em todo o Brasil. Para o DER, embora a decisão não especifique o ano de validade da decisão, o seu teor só valeria para aquele ano.

O Departamento de Estradas de Rodagem ignora várias decisões judiciais e desde o ano passado age com morosidade na constituição do Conselho Administrativo da Meia Passagem, constituído pela APES (Associação Potiguar dos Estudantes Secundaristas) e pela própria UNE. Segundo a decisão nos autos do processo 0801205-79.2012.8.20.0001, "o comportamento do DER está a demonstrar a má vontade na constituição do Conselho Administrativo, que já deveria ter sido criado de há muito tempo, e tem a importante missão de fiscalizar a administração da concessão do benefício da Meia Passagem que é feita pelo próprio DER".

A ausência da fiscalização da concessão do direito à meia passagem intermunicipal compromete, segundo a juíza Patrícia Gondim Moreira Pereira, a própria "lisura" do processo. Em sua decisão, ela justifica afirmando que "o atraso na composição e início do funcionamento do CAMP importa na ausência de fiscalização, comprometendo a lisura da concessão do benefício da meia passagem".

Para o diretor de Imprensa e Divulgação do DCE/UFRN, Ramon Alves, "mais uma vez interesses alheios aos dos estudantes prevalecem na decisão do órgão, mostrando sua falência na condução desse processo. Desde o ano passado, o DER foi notificado a constituir o Conselho e não o fez, atropelando os procedimentos que regem o processo. Neste ano, mais atropelamentos quando autorizaram todas as entidades a emitir o selo, sem sequer analisarem os documentos das entidades nacionais", afirmou.

Segundo Ramon, as entidades estudantis deverão definir nesta semana uma mobilização na governadoria para reivindicar a exoneração de Demétrio Torres. "Todos os anos nos chegam informações de que os vendedores de carteiras de estudante, que lucram e nunca reverteram o valor do recurso para realizar um Congresso ou uma passeata, agem nos bastidores para prejudicar as entidades nacionais. Não vamos admitir um retrocesso que seja no direito dos estudantes de utilizarem suas carteira para obtenção da meia passagem entre municípios do RN. Aliás, o direito à meia passagem intermunicipal é resultado da condição de estudante e não da entidade estudantil", finalizou o diretor do DCE.

A UNE anunciou que já está movendo duas ações contra o DER para reverter novamente a decisão do órgão e aguarda para esta semana o julgamento de sua liminar.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

UFRN sedia Seminário de Contabilidade Aplicada ao Setor Público

Nos dias 17 e 18 deste mês, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sedia o II Seminário Potiguar de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, que acontece no auditório da Reitoria, a partir das 12h30.

O evento trará autoridades e profissionais da área que discutirão as novas normas aplicadas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e a Portaria STN nº 753/2012, que define prazos para vários procedimentos contábeis patrimoniais.

Durante o seminário serão abordados temas como Os desafios para a consolidação de um novo modelo de contabilidade pública, Modernização da gestão e qualidade do gasto no setor público e Auditoria governamental e a nova contabilidade sob a ótica dos Tribunais de Contas.

Os interessados podem acessar a programação completa do evento e realizar as inscrições por meio do site:  www.custospublicos.net.
Fonte: UFRN.br

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Seminário Comunicação, Mídias e Direitos Humanos começa quinta-feira.

Começa nesta quinta-feira, dia 6, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o III Seminário Interdisciplinar sobre Comunicação, Mídias e Direitos Humanos. O objetivo é promover discussões em torno de questões públicas e privadas que ocorrem na América Latina e que envolvem a Comunicação e suas perspectivas. E por isso que a temática desta edição é "O Público e o Privado na Comunicação da América Latina”. 

Estão programadas palestras com representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), do Movimento Nacional dos Direitos Humanos (MNDH) e do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC). O ponto alto do seminário  Interdisciplinar sobre Comunicação, Mídias e Direitos Humanos será a conferência de encerramento com o Prof. Dênis de Moraes, da Universidade Federal FLuminense (UFF/RJ).

O evento começa às 14h com a apresentação dos grupos de trabalho (GTs) no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA). A programação completa por ser acessada no link: www.cchla.ufrn.br/sicmdh.

Inicia-se hoje (05) a 5ª mostra de profissões da UFRN.


Começa nesta quarta-feira, 5, a 5ª Mostra de Profissões da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no Centro de Tecnologia, localizado no Setor IV do Campus Central. O evento é destinado aos jovens do ensino médio e aos demais interessados em conhecer a oferta de cursos da Instituição, além das suas possibilidades de profissionalização.

A Mostra acontecerá até 7 de junho, nos três turnos do dia, sendo das 8h às 11h, das 14h às 17h e das 19h às 21h, com o objetivo de ajudar os jovens que pretendem ingressar na UFRN, a escolherem o curso de graduação baseados no conhecimento do perfil profissional de cada área de formação.


Para este ano, a programação consta de minipalestras que serão realizadas por alunos e professores da UFRN, com a participação de ex-alunos dos cursos e de profissionais reconhecidos no mercado. Os visitantes poderão ainda fazer um “tour” e visitas guiadas pelos vários espaços de aprendizagem e convivência do campus universitário de Natal.


A Mostra de Profissões é uma realização da Universidade, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), em parceria com todos os Centros Acadêmicos, com apoio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e do Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE).



Os interessados devem comparecer ao local das palestras no horário estabelecido, pois não é necessária inscrição prévia. Todo o evento será gratuito e a programação poderá ser conferida no site: www.ufrn.br/mostradeprofissoes.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Inscrições para o SiSU começam na próxima segunda-feira, 10

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para vagas em cursos de graduação em universidades federais e institutos federais de ensino superior, com início no segundo semestre deste ano, iniciam na segunda-feira, 10, e podem ser feitas até o dia 14.

Podem participar desse processo os estudantes aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2012 que não tenham  tirado zero na prova de redação. Os candidatos podem escolher duas opções de vagas disponíveis na Instituição, além de especificar o local de oferta, curso e turno.

A primeira chamada do SiSU será feita no dia 17 de junho, com matrículas nas respectivas instituições nos dias 21, 24 e 25, e a segunda chamada no dia 1º de julho, com matrículas nos dias 5, 8 e 9 de julho. 

UFRN

Neste segundo semestre, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) disponibilizará de 2.454 vagas, que serão distribuídas nos cursos de graduação nos campi de Natal, Currais Novos e Santa Cruz.

Segundo o pró-reitor adjunto de Graduação, Adelardo Dantas Medeiros,  pela primeira vez os  cursos de grande demanda, como Medicina, Direito, Ciências Contábeis e Engenharia Civil, oferecem vagas através desse processo. 

Os interessados em concorrer uma vaga nas universidades federais, entre elas a UFRN, devem se inscrever no site do SiSU: www.sisu.mec.gov.br.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Escola de Música promove 1º Encontro Nordestino de Saxofonistas

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN) promove, a partir da próxima sexta-feira,7, até o domingo, 9,  o 1º Encontro Nordestino de Saxofonistas. O evento acontece na Escola de Música e conta com a presença de instrumentistas brasileiros e estrangeiros que realizarão palestras, debates, workshops, masterclasses e recitais.

Com o objetivo de fomentar a discussão e divulgar os estudos recentes acerca do saxofone, ao longo do encontro serão abordados diversos aspectos do instrumento, relativos ao desempenho, à técnica, à sonologia e à pesquisa científica.

Entre os saxofonistas convidados estão o único sulamericano a obter o 1° Prêmio de Saxofone do Conservatoire National Supérieur de Musique de Paris (CNSMP), Dilson Florêncio, e o músico e compositor vencedor do 1° prêmio no “Concours de Saxophone Parisien 2012”, Douglas Braga.

O período de inscrição vai até o dia 7 de junho. Os interessados devem preencher o formulário disponível no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) (https://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/extensao/areaInternaCursosEventosExtensao.jsf) e realizar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 30 no Banco do Brasil: conta corrente 36.411-8 e agência 1668-3. Após o pagamento, o comprovante deve ser enviado pelo e-mail: encontronordestinodesax@gmail.com, com nome completo e CPF do inscrito.

Mais informações sobre o evento no endereço: http://ensax.wordpress.com.

domingo, 2 de junho de 2013

Conterrânea de Lula é eleita em Goiânia a nova presidente da UNE

Pernambucana Vic Barros vai comandar entidade nos próximos 2 anos. Principal projeto é a aprovação de 10% do PIB para a educação pública.

Sílvio Túlio
Do G1 GO

A nova presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) foi eleita no início da noite deste domingo (2), através de plenárias que aconteceram no 53º Congresso Nacional realizado pela entidade, em Goiânia. A estudante pernambucana Vic Barros, que tem 27 anos e cursa Letras na Universidade de São Paulo (USP), vai ser responder pela principal entidade estudantil do país nos próximos dois anos.

Natural de Garanhuns (PE), a chapa encabeçada por ela venceu outras sete concorrentes. A presidente diz que é "orgulhosa" por ter nascido na mesma cidade do ex-presidente da república Lula, mas que as ideias do conterrâneo famoso não irão nortear o seu mandato. "Tenho muito orgulho e muito do que sou, aprendi lá. Reconheço Lula como um dos mais importantes líderes da história do país. Aprendi muito, mas tenho o meu próprio caminho", disse Vic, por telefone, ao G1.

Dois projetos surgem como prioridade na pauta da nova presidente da UNE. O primeiro é a aprovação de um projeto de lei que tramita no Senado Federal destinando 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação pública. "Vamos fazer uma grande passeata no dia 28 de agosto, em Brasília, para buscarmos essa aprovação desse projeto", avisa.

Outro ponto importante em seu plano de governo é o que ela chama de "Marco regulatório" no ensino superior privado do Brasil. Dentre alguns itens deste projeto, estão o aumento de qualidade das faculdades, com um número mínimo de professores doutores e mestres, e a proibição de investimentos estrangeiros nestas instituições.

Para escolher a nova diretoria da UNE, dez mil jovens estiveram na capital goiana - número recorde segundo a organização do evento. Destes, quatro mil são delegados com direito a voto. Eles representam 98% das universidades brasileiras e são definidos através de eleições dentro das próprias instituições.

O congresso teve início na quarta-feira (29). Durante os cinco dias de evento, ocorreram 27 debates com 93 personalidades das áreas educacional, artística e política. Um dos participantes foi o Ministro da Educação Aloizio Mercadante.