Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

'

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

sábado, 30 de abril de 2011

52º Congresso da UNE

As inscrições de chapa ocorrerão na sede do DCE nos dias 29 de abril, 2 e 3 de maio (sexta, segunda e terça próximos). A campanha das chapas concorrentes serão nos dias 4, 5 e 6 de maio (quarta, quinta e sexta) e a eleição se dará no dia 9 de maio (segunda-feira).
 
Os interessados devem formar suas chapas e dirigir-se a sede do DCE para inscreve-las dentro dos prazos supracitados ou, ainda, entrar em contato com o coletivo Roda-viva para compor a chapa apoiada pelo C.A de Direito.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Barco Escola Chama-Maré

O projeto funciona de segunda a sábado e tem como objetivo proporcionar a estudantes e professores da rede pública e privada de Natal e do interior do Estado um espaço para aulas de campo voltadas para a questão ambiental do Rio Potengi. O projeto teve início em outubro de 2006 e realiza diariamente três aulas, atendendo, em média, três mil pessoas por mês. O projeto Barco-escola Chama-maré, de iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – IDEMA-RN, recebe total apoio do Iate Clube do Natal.

Nas aulas de campo são abordados os aspectos históricos, culturais, ecológicos, econômicos e sociais do rio e do seu entorno.

A embarcação, do tipo catamarã, parte do Iate Clube no sentido Fortaleza dos Reis Magos / Boca da Barra, passa pela Praia da Redinha e Cemitério dos Ingleses, entrando, em seguida na gamboa Jaguaribe e seguindo em direção à Ponte Ferroviária de Igapó. A partir daí, retorna pela Base Naval e Porto de Natal, chegando de volta ao Iate Clube.

O passeio dura cerca de uma hora e trinta minutos e tem orientação pedagógica de professores / monitores da equipe do Barco-escola.

O termo chama-maré é a designação comum dada aos pequenos caranguejos do gênero Uca, que são encontrados no Atlântico. O projeto faz parte do Programa de Preservação e Conservação da Natureza do Estado do Rio Grande do Norte – PROECO, através do Programa Potengi Vivo.

A iniciativa conta com uma equipe a bordo composta de três professores das disciplinas de biologia, história e geografia. Numa visão multidisciplinar, vários temas são discutidos durante o passeio, como questões ambientais, poluição do Potengi, mangues, turismo, colonização de Natal, verticalização, atividades de pesca, análise das comunidades banhadas pelo rio, praia da Redinha, Ponte Newton Navarro, Porto de Natal etc.

Além, disso, o passeio proporciona uma ótima visão da cidade de Natal vista a partir do rio Potengi.

Para participar das aulas / passeio é preciso fazer um agendamento prévio junto à Secretaria Executiva do Projeto Barco-escola Chama-maré, pelo telefone 3206-2439.


Disponível em: http://www.iateclubedonatal.com.br/chamamare.php

quinta-feira, 28 de abril de 2011

UJS ROUBA EM PROCESSO ELEITORAL NA FARN

O CENTRO ACADÊMICO DE DIREITO EMMANUEL BEZERRA DENUNCIA ROUBO POR PARTE DA UNIÃO DA JUVENTUDE SOCIALISTA NAS ELEIÇÕES PARA TIRAGEM DE DELEGADOS DA FARN PARA O 52º CONGRESSO DA UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES

O PROCESSO ELEITORAL FOI FRAUDADO PELA UJS!!!!

1) Não houve divulgação do processo eleitoral (datas das inscrições para chapas interessadas, nem mesmo, campanha da chapa concorrente). 

2) Irregularidade na composição da comissão eleitoral. Ramon Alves - que não faz parte da atual gestão do DCE - estava na comissão que deveria ser formada apenas por membros do DCE.

3)No último dia da inscrição da chapa a sede do DCE estava fechada, impossibilitando as chapas interessadas de se inscreverem. A ÚNICA CHAPA INSCRITA FOI A DA UJS, LIDERADA POR RAMON ALVES, MEMBRO (irregular) DA COMISSÃO ELEITORAL.

4) Só houve votação no período noturno, sendo excluídos da votação os alunos do turno matutino.

5) Testemunhas, inclusive a funcionária do DCE, alegam que apenas 5 pessoas votaram.

6) Só participaram da contagem de votos RAMON ALVES E UM MESÁRIO DA UNE, QUE TAMBÉM ERA DA UJS. 
 
Ambos não permitiram que nenhum estudante acompanhesse a apuração e alegaram mais de 300 votos!!
 
REPRESENTANTES DO CENTRO ACADÊMICO PASSARAM EM SALA, TESTEMUNHARAM A VOTAÇÃO E AFRIMAM QUE A ALEGAÇÃO DE 300 VOTOS NÃO CONDIZ COM A VERDADE.
OS ESTUDANTES DA FARN NÃO SE SENTEM REPRESENTADOS PELA CHAPA DA UJS. 
 
ISSO É UM ABSURDO!!!!!!!!!!!!! NÃO VAMOS NOS CALAR!!!!!!!!!!!
DIGA NÃO A CORRUPÇÃO, DIGA NÃO A UJS!!!!!!!!!!!!!
 
EM BREVE FAREMOS UMA NOTA DE REPÚDIO A POSTURA DA UJS NA FARN E UMA BAIXO ASSINADO CONTRA A FRAUDE NESSAS ELEIÇÕES!!!!!!
 
Nota do Centro Academico de Direito Emmanuel Bezerra

Informes do DCE

Informamos que o DCE da já está fazendo as Carteiras de Estudantes 2011.
O DCE se localiza no setor I da UFRN e funciona das 8 às 20hrs.
É necessário apenas o número da matrícula e o valor simbólico de 3,75.

Informamos também que a carteira de 2010 tem validade até 31 de maio de 2011.

Carta aos Estudantes Afetados pelo REUNI

Caros Colegas Estudantes Universitários,

Saudações,

É com sentimento de certa insatisfação e inquietação que nós, do Centro Acadêmico Livre do Curso de Tecnologias da Informação e Comunicação, estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina, em um Campus que fica em uma cidade do interior do Estado, chamada Araranguá. Campus este criado, na UFSC, juntamente com mais dois que também ficam no interior do Estado, um na cidade de Curitibanos e outro na cidade de Joinville, por ocasião da aderência da Universidade ao Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI).

A UFSC aderiu a esse projeto do Governo e instituiu novos Campi em meio a incontáveis resistências internas, colocaram-o em ação em 2009 com abertura de três novos cursos, um em cada campus e entre eles o curso que representamos. Portanto, o programa está em (nada pleno) funcionamento e estamos dentro dele afetados mais que diretamente por ele, somos total DEPENDENTES de seu sucesso.

Todavia, ao que parece, “sucesso” é uma palavra que raramente estará em léxicos ligados ao REUNI, a não ser, claro, para negá-lo. Pois a realidade que se observa não é nem um pouco satisfatória, é notório o descaso que criou-se com a Educação Superior neste país, haja vista a desorganizada e irresponsável forma como foi aplicado este programa.

A partir de agora tomaremos por base o Campus do qual fazemos parte, para elucidarmos nossas colocações anteriores.

Aqui em Araranguá, no campus da UFSC, temos quatro cursos apenas:
- Tecnologias da Informação e Comunicação - Matutino e Noturno (2009);
- Engenharia de Energia - Noturno (2010);
- Engenharia da Computação - Noturno(2011);
- Fisioterapia - Diurno (2011);

Totalizando, até o presente momento, por volta de 400 estudantes regulares e até o final do ano aproximadamente 550 estudantes. Que podem contar com apenas: 7 salas de
aula, 3 laboratórios de informática (em funcionamento) e 1 auditório com capacidade para, no máximo, 70 pessoas. Temos ainda 24 docentes, porém alguns com pouca atuação.

Toda essa conjuntura mal-organizada está gerando os seguintes problemas:
- Salas de Aula super-lotadas;
- Aulas no Auditório por falta de Espaço Físico;
- Disciplinas presenciais tornando-se semi-presenciais por falta de professores, negando de vez a possível qualidade no ensino, tão pregada nas diretrizes do REUNI;
- Professores atuando e ministrando aulas fora de sua especialização, em detrimento do conteúdo apresentado;
- Implantação de cursos sem estrutura:

> Não existe nenhum tipo de laboratório para o curso de Fisioterapia;
> Não existe laboratório de hardware para o curso de Engenharia da Computação;
- Surgem problemas estruturais por visível falta de organização e planejamento, tais como:
> Não temos direito de almoçar nem jantar em finais de semana e feriados por que não está previsto no contrato do nosso RU, que é terceirizado por sinal;
> Não há nem se quer projeto, quanto mais previsão, para que tenhamos o direito à Moradia

Universitária assegurado aos alunos com baixo índice sócio-econômico, atestando contra a política de permanência discente na Universidade;
- Biblioteca mal-estruturada com acervo reduzido de LIVROS e PERIÓDICOS (temos duas estantes de livros para suprir as necessidades de cerca de 400 alunos);
- Transporte para estudantes que tem que utilizar laboratórios terceirizados;
- Estacionamento precário, não há organização de vagas, péssimas condições de acesso.
- Entre outras mazelas das quais padecemos.

Enfim, a todos que também estão descontentes com as condições oferecidas pelo REUNI pedimos, caros colegas UNAM-SE conosco nesta mesma causa com o intuito de reivindicarmos as soluções necessárias. Portanto, pedimos que tomem como base este manifesto e enumerem problemas e necessidades também enfrentadas por vocês em seus Campi. Aguardamos, o mais brevemente possível, seu contato.

SE O PROBLEMA É NOSSO, BUSQUEMOS JUNTOS A SOLUÇÃO!

#QueDjaboÉIsso?


ComeçAki - Financiamento Coletivo para Estudantes





terça-feira, 19 de abril de 2011

Calourada do Setor II

A Calourada do Setor II da UFRN, aconteceu nessa última sexta-feira (15), contou com várias atrações como Rastafeeling, Orquestra Boca Seca, Emblemas e Planant que animaram a galera. Confira as fotos da festa.


Emblemas
Planant

Discotecagem de Leo

Fotos do II EME-RN





sexta-feira, 15 de abril de 2011

Informes do DCE

Carteiras de Estudante de 2011
O DCE informa que as Carteiras de Estudante de 2011 começarão a serem feitas a partir do dia 25 de Abril.
É necessário apenas do número da matrícula do Aluno.
A carteira sai na hora e custa 3,75 (valor de custo).



Calourada do Setor II da UFRN 
Dia 15 de Abril a partir das 21:00hrs com as bandas:
Rastafeeling, Orquestra Boca Seca, Emblemas e Planant.
Maiores informações: (84) 3215-3125

quarta-feira, 13 de abril de 2011

II ENCONTRO DE MULHERES ESTUDANTES DO RN

"A inserção das mulheres no espaço: perspectivas e desafios" é o tema do II Encontro de Mulheres Estudantes do RN.

Dias 15 e 16 de Abril acontecerá o II EME-RN. A intenção é criar um espaço onde questões vividas pelas mulheres estudantes sejam levantadas e debatidas, a fim de contextualizar a trajetória de inserção das mulheres no espaço público nas últimas décadas. 

Precisamos pensar e conversar sobre as condições e os desafios que encontramos atualmente no espaço da Universidade, na nossa formação como profissional e como mulher.

Esse encontro vai ser uma oportunidade de tirar as questões que serão levadas para o EME Nacional que acontecerá em Salvador/BA de 22 a 24 de abril. O tema desse encontro será: O ABRE ALAS QUE AS MULHERES VÃO PASSAR - inserção das mulheres no espaço publico. É muito importante que a gente possa construir uma plataforma que reúna os relatos das discussões e os encaminhamentos resultantes do nosso encontro estadual.

É nessa data também que irá se formar o grupo de mulheres que poderá estar presente na etapa nacional.
Vamo lá gente, tá em cima da hora, mas tem tudo pra acontecer. Quanto mais mulheres, mais realidades, experiêcias e energias pra pensarmos em como superar as barreiras impostas por essa sociedade machista e desigual, dentro e fora da universidade.

PROGRAMAÇÃO:
LOCAL: Auditório do DCE UFRN
DATA: 15 e 16 de abril

DIA 15 - Sexta-feira
9h - mística de abertura
10h - Oficina: Mulheres no espaço público
12h - ALMOÇO
14 - Oficina: mulheres na universidade - contexto da UFRN
15:30 - Lanche
16h - Oficina BATUCADA FEMINISTA
18:30 - Oficina: Sexualidade
20:30 - Janta
9h em diante - Atividade Cultural - Calourada do setor II

DIA 16 - Sábado
10h - Oficina: "Aborto de quem?"
12h - Oficina de culinária vegetariana
14h - Oficina: Mercantilização e prostituição
16h - Avaliação final do encontro

VI ENEEEL - ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA ELÉTRICA

Depois de passar por diversas cidades de grande destaque nacional, o IV ENEEEL - Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Elétrica ganha uma destino inédito: a cidade de Belo Horizonte. O evento ocorrerá nos dias 20 a 24 de julho de 2011.


A cidade é um valioso destino turístico devido a seu exuberante cenário e às diversas possibilidades no que diz respeito à cultura e negócios. Sedia eventos de renome internacional, destacando-se como um dos maiores centros industriais da América Latina, com ênfase nas indústrias automobilística, siderúrgica, eletrônica e de construção civil. Em Belo Horizonte, lazer e negócios estão disponíveis na medida certa. E é este cenário que queremos transmitir a todos graduando e pós-graduando de Engenharia Elétrica.

O ENEEEL terá como tema central a “Segurança no Trabalho”. O foco explorado é a prevenção dos riscos profissionais a que os engenheiros eletricistas estão expostos. O evento congregará profissionais de grandes entidades empresariais, científicas e acadêmicas que, por meio de mini-cursos, palestras e visitas técnicas, disponibilizarão conhecimentos úteis no ingresso dos participantes no mercado de trabalho.

As inscrições serão realizadas a partir do dia 30 de março. Desse modo, os participantes devem preencher INDIVIDUALMENTE a Ficha de Inscrição, o Termo de Compromisso, e enviar um e-mail para a Organização (eneeelembh@gmail.com) contendo os dois documentos. Aqueles que enviarem e-mails faltando um dos dois documentos preenchidos corretamente não completarão a inscrição. No credenciamento, todos os participantes assinarão o termo de compromisso. AQUELES QUE NÃO ASSINAREM NÃO PODERÃO PARTICIPAR DO VI ENEEEL. A Organização enviará um e-mail de confirmação da inscrição contendo o número da conta para depósito da taxa relativa a esta.


Edital:

Ficha de Inscrição:

Termo de Compromisso:

terça-feira, 12 de abril de 2011

Abril Vermelho

Depois de intensas manifestações na cidade seja na luta contra o Aumento das Passagens, seja na Luta das Mulheres, seja contra as privatizações e sucateamentos gerenciados pela prefeitura, chegamos a abril, nosso Abril Vermelho, com a necessidade de continuar esse processo, e continuar a nossa união.

Para além da realidade encontrada em Natal, nossa conjuntura no campo é preocupante. O atual momento político – agrário exige ações contra o agronegócio (“o casamento do capital financeiro com o latifúndio”). A lógica de exploração da terra - grandes extensões, monocultura, produção basicamente de grãos para exportação, mecanização e pagamento de baixos salários – se une a um ingrediente venenoso: agrotóxicos.

Nesse sentido o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra continua em luta, mesmo com a crescente criminalização dos movimentos sociais, e realizando uma grande campanha contra o uso dos agrotóxicos.

Em Natal, estamos organizando no dia 13 (quarta-feira) uma Marcha que sairá às 8hs do Igapó em direção a cidade e 14hsocorrerá um Ato Público na Praça Gentil Ferreira (do relógio), no Alecrim. No dia 15, sexta- feira, será realizada uma Audiência Pública na Assembléia Legislativa pra debater a questão da Criminalização do MST no RN. O MST ficará o restante da semana em Mobilização na capital e nas semanas seguintes no interior do estado.

Acreditando da força da Solidariedade e União, valores que não podem ficar só do discurso mas plenamente em nossa militância, convidamos todas e todos para se fazerem presente na Reunião da Assembléia Popular (terça- feira as 16h na Catedral) para que as forças somem com suas bandeiras de luta para a construção dessa Grande Marcha.
-- 
Assembléia Popular - Mutirão por um novo Brasil (RN)

XEROX: o Movimento Estudantil avança na luta!


Na tarde desta quinta-feira (07) estudantes do setor I, junto com a ANEL e o CASS, se reuniram com a direção do CCSA para debater o problema do serviço da copiadora da UFRN. Esta reunião foi fruto de um protesto dos estudantes no último dia 5, quando houve a ocupação da Servigráfica do setor V da universidade.


Na reunião, a diretora do CCSA, Profa. Ana Lúcia, recebeu a pauta de reivindicação dos estudantes e se comprometeu a construir, conjuntamente, uma solução para o problema. “A curto prazo estou me comprometendo a colocar 2 impressoras a laser nos laboratórios de informática, nestas os estudantes poderão imprimir textos gratuitamente com limite de cópias a ser definido, porém solicito que vocês elaborem uma proposta de funcionamento deste serviço.

 A médio e longo prazo nós temos que lutar juntos e pressionar a Reitoria para que acelere a construção da central de cópias do setor I (projeto que já foi aprovado, mas que está paralisado por motivos burocráticos), a partir daí discutiremos se entregaremos esta central de cópias a uma empresa privada ou se a universidade oferecerá o serviço.”, disse a diretora.

“Nosso objetivo é que seja ampliado o acervo bibliográfico e que tenha livros na biblioteca para todos os estudantes, pois só assim não necessitaremos mais das cópias. Enquanto isso não acontece, a Xerox é uma alternativa, porém não aceitamos pagar pelo lucro de empresários. Queremos que a UFRN assuma seu caráter de Universidade Pública e ofereça o serviço, imediatamente a preço de custo mas com um planejamento que tenha como norte a gratuidade. 

A direção do CCSA irá nos enviar sua proposta por escrito, até o dia 12. Achamos que esta proposta não resolve os problemas, mas estaremos organizando uma Assembleia Geral dos estudantes para discuti-la.”, afirmou Bárbara Figueiredo, militante da ANEL. 

Mesmo com a abertura das negociações, os estudantes continuam mobilizados e estão preparando, junto com o SINTEST, um novo ato público para o próximo dia 14, na Reitoria.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

UNE realiza o 59º Conselho Nacional de Entidades Gerais.

O 59º Conselho Nacional de Entidades Gerais (CONEG) reunirá mais de 500 estudantes em São Paulo neste fim de semana.

Entre os dias 8, 9 e 10 de abril, a União Nacional dos Estudantes (UNE) realiza o 59º o CONEG, um dos principais fóruns de discussão do movimento estudantil que reunirá DCE's, UEE's, Executivas e Federações de Curso com o objetivo de discutir e elaborar uma plataforma política a ser apresentada à sociedade em defesa dos 10% do PIB e 50% do fundo social do Pré-sal para a educação do país.

Segundo Tássio Brito, um dos Vice-Presidentes da UNE, “o CONEG é mais um momento dos estudantes apresentarem um posicionamento crítico em relação a forma como a entidade vem sendo conduzida, e é fundamental que as entidades participem para garantir um processo legítimo de tiragem de delegados em todo o país”.


Celso Amorim será um dos convidados

A abertura se dará com o I Seminário de Assistência Estudantil, envolvendo uma série de debates; no sábado (9) o ciclo de palestras continua e uma das presenças confirmadas é o ex-ministro das Relações Internacionais Celso Amorin; domingo (10) terá a definição das pautas do CONEG, que trazem como tema principal a discussão da participação da juventude na sociedade e a convocação do 52º Congresso da UNE, que irá eleger a o novo presidente e a composição da nova diretoria da entidade.
Vale lembrar que qualquer estudante pode participar do evento se inscrevendo como observador. As entidades representativas de Instituições de Ensino Superior (IES) de todos os estados e do Distrito Federal, UEE’s e entidades municipais, além das Executivas e Federações Nacionais de Curso, terão direito de indicar seu delegado(a) e seu(sua) suplente para participarem das votações que ocorrerão na plenária final, no domingo.

Aumenta destruição da camada de ozônio devido ao uso de produtos químicos

A Organização Mundial de Meteorologia (cuja sigla em inglês é WMO) identificou um aumento na destruição na camada no Ártico. A perda é considerada inédita, mas não inesperada. A principal causa da destruição é a elevação no uso de produtos químicos presentes em aerossóis, geladeiras e extintores de incêndio. A camada de ozônio é a que protege a vida no planeta dos efeitos nocivos dos raios ultravioleta. 
 
O aumento da quantidade de gases de efeito estufa geram altas temperaturas na superfície da terra. Desde o final de março, a região considerada mais afetada pela destruição da camada de ozônio estende-se entre a Groenlândia e a Escandinávia. As medições mostram que a perda de ozônio ocorre entre 15 e 23 quilômetros acima do solo. Na região, mais de dois terços do ozônio foram destruídos até o momento.
De acordo com os cientistas, a tendência é que a radiação de raios ultravioleta não aumente nas regiões mais frias com mesma intensidade que nas áreas tropicais. Os raios ultravioleta (UV-B) têm sido associados ao aparecimento de câncer de pele, catarata e danos ao sistema imunológico humano.
O estudo divulgado no último dia 05 informa ainda que a destruição do ozônio estratosférico é mais intensa nas regiões polares, quando as temperaturas caem abaixo de – 78 graus Celsius (ºC). "A perda de ozônio, pela experiência, depende das condições meteorológicas.
A perda de ozônio em 2011 mostra que temos de permanecer vigilantes e manter um olhar atento sobre a situação no Ártico nos próximos anos ", disse o secretário-geral da organização, Michel Jarraud.


quarta-feira, 6 de abril de 2011

Estudantes Ocuparam Copiadora na UFRN

Responsável pelo serviço de Xerox na Universidade, a Servgráfica, teve uma das suas unidade  fechada pelos Estudantes na manhã dessa terça-feira (05) no setor V da UFRN.

Os manifestantes reivindicavam melhorias relativas ao serviço, qualidade e preço da Xerox, e a não privatização dos serviços oferecidos na universidade.

“Mal sabe o gerente da Servgráfica que nossa luta não é somente para melhorar a qualidade do serviço oferecido, mas também pela expulsão de qualquer empresa privada que atue dentro da UFRN. Queremos a Servgráfica fora do campus e que a universidade ofereça o serviço a preço de custo, rumo à gratuidade!”, disse Micaela Costa, militante da ANEL.

Os estudantes voltarão a realizar outra manifestação quinta-feira às 15hrs, quando irão se reunir com diretora do CCSA para tentar resolver os problemas relativos a Xerox na UFRN.




sexta-feira, 1 de abril de 2011

Criação do Fórum Estadual de Discussão do Plano Nacional da Educação

Nessa sexta-feira, representantes do DCE-UFRN, Grêmio IFRN e UMES, participaram de uma reunião com a Deputada Fátima Bezerra para discutir a criação do Fórum Estadual de discussão do Plano Nacional da Educação. 
 
A idéia é juntar estudantes, professores e trabalhadores da educação como um todo para constituirmos um Fórum de discussão para participarmos de forma ativa nesse processo do PNE em 2011. 

  Além disso, dia 07 de abril, às 09:00hs, haverá na Câmara Municipal de vereadores uma audiência pública para tratar sobre as políticas públicas de juventude no município.

Participe, opine, faça parte da construção de uma cidade melhor.

Mandato realiza reunião sobre Políticas Públicas para a Juventude

Na próxima sexta-feira, 1º, às 17h, o Mandato Cidadão do deputado Fernando Mineiro e a ONG Canto Jovem promovem uma reunião com diversos grupos de juventude. O encontro ocorre no Centro de Empoderamento e Proteção à Infância Brasileia (CEPIB) e terá como pauta a avaliação da atual conjuntura das Políticas Públicas de Juventude em âmbito nacional e estadual.

"Também vamos iniciar o processo de organização dos movimentos juvenis para a II Conferência Nacional de Juventude", completa a assessora do Mandato, Berna Azevedo.

A CEPIB localiza-se na Avenida Governador José Varela, 2771. O ponto de referência é a Praça de Mirassol, em frente à árvore de Natal.
Mais informações no 3222-0090 (escritório do deputado Fernando Mineiro) e 3207-2273 (CEPIB).