Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

Reforma Política

Plebiscito Popular por uma Constituinte exclusiva e soberana do Sistema Político brasileiro!

'

Canal DCE

Veja os vídeos do DCE no youtube

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Horário de Férias

O DCE informa que, de acordo com o calendário acadêmico,  entrará em recesso a partir do 24 de Dezembro retornando as suas atividades no dia 09 de Janeiro.

Durante o período de férias, 09 de Janeiro à 10 de Fevereiro, o DCE funcionará de segunda a sexta das 08 às 16 horas, retornando ao seu horário normal no dia 13 de Fevereiro.

Vereador Julio Protásio, Réu da Operação Impacto, Processa Manifestante por Declarações no Twitter

Leonardo Sinedino Miranda de Oliveira é natalense e tem apenas 23 anos, mas uma anônima, intensa e apartidária militância política. Foi um dos militantes que ocuparam a Câmara Municipal do Natal por 11 dias, entre 7 e 16 de junho de 2011, tendo resultado na instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Contratos (CEI dos Contratos). Durante esse período, Leonardo integrou a Comissão de Ciranda, responsável por cuidar das crianças e adolescentes, filhos das famílias pertencentes ao MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas) e MST (Movimento dos Sem Terra), que também se uniram ao acampamento.

Enquanto atuava na Ocupação da CMN, Leonardo dividia seu tempo entre a luta da manifestação - que cobrava dos vereadores seu devido trabalho de investigar as muitas irregularidades cometidas na atual gestão municipal, chefiada pela prefeita Micarla de Sousa (PV) - e seu trabalho de conclusão do curso de Pedagogia (UFRN).

Durante os meses seguintes, Leonardo persistiu e tentou acompanhar in loco os trabalhos da CEI dos Contratos, que foi instaurada por força da Ocupação da Câmara, em junho. Entretanto, em muitas ocasiões, os vereadores ordenavam que as portas da Casa fossem fechadas durante as sessões da Comissão Especial de Inquérito.

Em um dos raros dias em que conseguiram adentrar à Casa do Povo, os manifestantes - portando faixas e cartazes - gritaram pelo impeachment da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), assim como protestaram contra a lentidão da Justiça em julgar a Operação Impacto, processo criminal que tem como réus vários vereadores da Câmara Municipal do Natal.

Eles receberam propina de grandes construtoras para derrubar vetos do ex-prefeito da cidade sobre o Plano Diretor. Essas empresas desejavam construir imensos edifícios em áreas não adensáveis – muitas delas demarcadas como áreas de proteção ambiental.

Ao chegar em casa, Leonardo postou mensagens em seu perfil no Twitter, em tom de desabafo e indignação, dirigidas ao vereador Júlio Protásio (PSB), relator da CEI dos Contratos da Prefeitura de Natal e um dos principais réus da Operação Impacto, cuja cassação foi pedida pelo Ministério Público. Ele disse pela rede de microblogs que o vereador seria um "verme" e um "canalha".

Em razão de suas declarações no Twitter, Leonardo está sendo processado por danos morais pelo vereador Júlio Protásio, que cobra uma indenização no valor de R$ 21 mil (Vinte e um mil Reais).

A notícia do processo já corre aos quatro cantos e, na internet, o assunto tem sido destaque nas redes sociais e não chega a dividir opiniões. Em sua maioria, os comentários se mostram indignados com a atitude do vereador de destinar tempo ao que ele chamou de “agressões pessoais pelo Twitter”.

Nós entendemos que esse processo judicial foi uma forma de tentar intimidar os cidadãos e os movimentos sociais que estão expondo os nomes dos acusados pela Operação Impacto e pressionando o Ministério Público a atuar de forma mais ágil neste caso, que já vem correndo na justiça há anos. Os parlamentares sempre procuraram intimidar manifestantes e impedir que tenhamos tenham voz. Mas nós não vamos nos calar.

Militantes, inclusive, lançaram as campanhas #TodosSomosLeonardo e #MeProcessaJúlioProtásio, no Twitter, em apoio ao militante e à liberdade de expressão, assim como para arrecadar o valor da indenização em moedas, caso a Justiça dê causa ganha ao vereador. O parlamentar ainda ganhou um perfil no microblog em sua homenagem, batizado de @JúlioImpacto.

Se você também se indigna com a atitude do vereador, twitte, blogue e link este assunto. 
Afinal, a democracia não pode ser uma ilusão.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

"A CACETADA" ADIADA!

ATENÇÃO GALERA: 
A FESTA "A CACETADA" FOI ADIADA! 

Tendo em vista a briga ocorrida na festa de 'Enterro do Semestre' na última sexta-feira, a PROAE (Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis) solicitou o adiamento 
para o próximo semestre, 
da festa que aconteceria no próximo sábado(17), para que possamos pensar melhor como evitar problemas em festas futuras.

Essa decisão se deu por, apesar das nossas diversas conversas e pedidos, vários vendedores ambulantes estavam vendendo cervejas Long Neck no local, deixando  garrafas espalhadas pelo chão, que foram usadas durante a briga.

Essa foi a primeira vez que ocorreu uma confusão durantes as festas que o DCE realiza, e deixamos claro que a confusão não foi proporcionada por um aluno da Universidade. Não podemos deixar que isso se repita! 

O DCE lamenta o ocorrido e está buscando medidas cabíveis para que isso não venha a ocorrer novamente.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Reitora da UFRN participa de reunião com a presidenta Dilma Rousseff

A reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ângela Paiva Cruz, está em Brasília onde cumpre agenda administrativa e na manhã desta terça-feira, 13, participa de reunião da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) com a presidenta da República, Dilma Rousseff.

À tarde, às 14h, a reitora participa de sessão solene que homenageia os 50 anos da campanha “De Pé no Chão Também se Aprende a Ler” e os 90 anos do educador Paulo Freire, que acontece no Plenário 10 da Câmara dos Deputados.

Nesta quarta-feira, 14, a partir das 8h30, Ângela Paiva Cruz participa de seminário na Andifes, que discute “Diretrizes e Estratégias para uma Política de Expansão das Universidades Federais”. Às 16h30, acompanhada do diretor do Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (NUPLAM), professor Carlos Lima, participa de audiência com Zich Moyses Júnior, diretor do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (SCTIE/MS).

Na quinta-feira, 15, a partir das 8h30, a reitora Ângela Paiva Cruz participa da Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Andifes; às 10h tem audiência com o secretário de Fiscalização de Obras do Tribunal de Contas da União, André Luiz Mendes; e às 11h participa de solenidade de entrega do Prêmio Finep de Inovação 2011, que contará com a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, e da presidenta Dilma Rousseff.

O retorno a Natal será às 21h da quinta-feira, 15.

Professor de Comunicação da UFRN lança livro nesta quarta-feira

O Café Intercom, em parceria com a Annablume Editora e a Livraria Siciliano, lança nessa quarta-feira,14, às 19h, na Siciliano do Midway Mall, o livro “A imaginação revolucionária - Política, literatura e cinema no México”. O livro é de autoria do professor adjunto do Departamento de Comunicação Social (DECOM) e do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia da UFRN (PPgEM), Sebastião Guilherme Albano. 

O livro discute um dos perfis da Revolução Mexicana, que consistiu na insurgência campesina e burguesa que oficialmente comemorou seu centenário em 2010. O autor apresenta dois modos de representação que estão entre os mais influentes do século passado: o romance e o filme narrativo. 

Uma descrição breve da história política e uma análise sucinta de suas consequências retóricas são apresentadas neste estudo, assim como a incongruente trajetória de institucionalização da Revolução e suas consequências na composição de romances e filmes do período.

A apresentação fica por conta da professora do DECOM e do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM) Socorro Veloso e do professor Moacir Barbosa, também do DECOM e da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação(INTERCOM).

XIV Encontro Regional de Estudantes de Letras

O XIV Encontro Regional de Estudantes de Letras - Nordeste irá ocorrer nos dias 05 a 08 de Abril de 2012 (Semana Santa) em fortaleza e terá como tema: 
O nordeste e seu falar do erudito ao popular

As inscrições de trabalhos vão até o dia 20/12

Os pacotes e valores das inscrições são:
1º pacote: (3 de novembro a 31 de dezembro)
1. Inscrição simples = R$50
2. Inscrição + Alojamento = R$60
3. Inscrição + Alimentação = R$70
4. Inscrição completa = R$80

2º pacote: (1º de janeiro a 29 de fevereiro)
1. Inscrição simples = R$60
2. Inscrição + Alojamento = R$70
3. Inscrição + Alimentação = R$80
4. Inscrição completa = R$90

3º pacote: (não dará direito à alimentação) (1º de março até o dia do eventol)
1. Inscrição simples = R$70
2. Inscrição + Alojamento = R$100

Para maiores informações consulte o blog do evento:
Ou entre em contato pelo e-mail: erel2012@hotmail.com

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Fotos do DCE no Meu Setor e Enterro do Semestre.

Totó e Sinuca no Setor II 


 Distribuição de Mudas 


Exposição Fotográfica no Setor II 


 Brecho "Meu Passado Me Condena"




 Exibição de Curtas no Setor II


 Mister Joint


Mc Preguiça 

Van Rock

III CNPM – Por que precisamos redobrar a atenção em defesa dos direitos das mulheres

Nesta segunda-feira, dia 12, em Brasília, será aberta a III Conferência Nacional de Políticas para Mulheres (CNPM), após a realização de dezenas de conferências municipais e estaduais, em todo o país, desde julho deste ano. Para a Articulação de Mulheres Brasileiras, uma conferência neste momento exige uma atenção redobrada por parte de todas as defensoras dos direitos das mulheres. Isso porque, como acontece a cada início de governo, as políticas públicas para mulheres ficam sob risco.

A avaliação é de Silvia Camurça, socióloga, educadora do SOS Corpo e integrante da coordenação nacional da AMB. Para ela, o movimento de mulheres tem lidado com esta situação há muitos governos. “Não é uma novidade e chega a ser uma característica de uma racionalidade tecnocrática federal, na qual prevalece a visão que é necessário cortar orçamento das áreas consideradas como não estratégicas, principalmente políticas para mulheres e políticas para igualdade racial.

Essa racionalidade costuma se sustentar apontando entre as necessidades mais estratégicas as construções de estradas e outras obras, por exemplo, em detrimento da infraestrutura social, como as creches.

Um segundo fator que pesa no primeiro período dos governos federais, nos últimos 20 anos, é uma perspectiva de política pública na qual prevalece a ideia que o Estado brasileiro deve cuidar das famílias. Para a socióloga feminista, as famílias devem ser consideradas sujeitos de direitos, assim como as mulheres, ou negras e negros. Cuidar das famílias sem reconhecer que nas famílias existem desigualdades para as mulheres, sobretudo para as mulheres negras, é deixar encoberta uma série de problemas que afetam metade da população.

Além disso, é preciso levar em conta que muitas mulheres são chefes de família no Brasil e que mesmo a implementação de políticas para famílias da classe trabalhadora, em suas distintas configurações, é uma conquista recente, a exemplo do direito à aposentadoria rural. Então, o momento exige de todas nós, ressalta Silvia, uma atenção a mais nas proposições da III Conferência, para assegurar a perspectiva feminista do direito das mulheres a ter direitos.

Na CNPM, as integrantes da Articulação pretendem reafirmar a “Grita Geral” em defesa dos Ministérios da Mulher (SPM) e da Igualdade Racial (Seppir), incidindo para não perder nada do que foi conquistado nos últimos anos.

Lançamento

A AMB lançará e distribuirá, durante a III CNPM, a publicação Articulando as Luta Feminista nas Políticas Públicas, cujo conteúdo contextualiza a situação das mulheres e das políticas públicas neste âmbito, além de apresentar um conjunto de propostas prioritárias para cada eixo do Plano Nacional (PNPM). Com esse material e outros documentos, a publicação pretende ampliar a divulgação dos sentidos do feminismo característico da AMB.

Para baixar a publicação, clique aqui. http://cabobranco.com.br/articulacao/?p=665

CARTA DOS ARTISTAS DO AUTO DE NATAL – 2011

À SOCIEDADE NATALENSE

“A arte fixa a civilização”
(Antônio Grace)

O coletivo de Artistas que compunha o elenco do Auto de Natal 2011, vem através desta divulgar a sociedade natalense o ocorrido no dia 30 de novembro de 2011, data em que recebemos a informação, dada pela Diretora Diana Fontes, que o tradicional espetáculo Auto de Natal 2011 fora cancelado pela Prefeitura da cidade do Natal, restando apenas 21 dias para a estreia. O motivo alegado diz respeito à falta de financiamento, pois a prefeitura não deu entrada em tempo hábil do projeto junto ao Ministério da Cultura – MINC para requerer financiamento por meio da Lei Ruanet.. Frente a esse problema a proposta da prefeitura junto aos artistas foi a sua migração para o espetáculo Um Presente de Natal, recebendo apenas um cachê de R$1.500,00 (proposta também negada posteriormente) ou o recebimento de R$1.000,00 como pagamento das horas já trabalhadas. Vale informar que os artistas foram contratados para o Auto de Natal com cachês que variavam entre R$ 3.000,00 – cachê A; R$ 2.500,00 – Cachê B e R$ 1.800 cachê C. Ação que tomou os artistas, deste espetáculo, de surpresa e frustração deixando-os impactados, decepcionados, revoltados, mas também provocou um processo de discussão e reflexão recheado de criticidade que resultou nas seguintes questões:

O que leva a esta administração pública perder o prazo para viabilizar os trâmites legais necessários à realização de um evento que já faz parte da cultura da cidade há mais de 10 anos?

Essa primeira interrogação nos leva a outra que também não se justifica. Vejamos:

Por que a preparação/produção do espetáculo teve início sem a certeza de financiamento para o mesmo?

Essas e outras questões nos levam a refletir sobre o caráter de uma administração pública que não respeita a tradição artística potiguar e a sociedade como um todo. Assim como sobre sua incompetência administrativa e política para gerir o dinheiro público resultando em impedimento de atividades consolidadas na agenda da cidade gerando prejuízo de todas as ordens, tais como:

Não encenação de um espetáculo que já se incorporou ao patrimônio cultural do Rio Grande do Norte;

Retrocesso dos direitos já conquistados pela classe artística, resultantes do amadurecimento profissional e da qualidade artístico-estético dos espetáculos que vem sendo realizado na nossa cidade; 

Empobrecimento na gestão de políticas culturais, resultando num retrocesso histórico, que se contrapõe com o que defendemos para o fortalecimento da classe artística, a defesa de nossos bens simbólicos e a consagração da arte como um dos pilares do desenvolvimento.

Diante de tal fato, o elenco deste espetáculo mobilizou-se para repudiar e tornar público esta ação irresponsável e desrespeitosa, não só com os artistas desse espetáculo, mas com toda a classe artística da nossa cidade, bem como a população natalense no tocante aos seus direitos relativos ao acesso aos bens culturais já incorporados à nossa programação local. Aqui listamos outras atividades artísticas consolidadas que foram interrompidas por esta gestão: Festival de Cinema Goiamum; Salão das artes, oficinas das letras, entre outras.

Certos de contar com o apoio da população potiguar, em defesa de uma coerente e autêntica política pública cultural, convidamos a tod@s a exercerem os seus direitos questionando esta administração pública sobre os seus deveres frente aos fatos e reivindicações acima relacionados.

Os Artistas do Auto de Natal 2011

2º Passeio Ciclístico da Zona Norte - Domingo dia 18.

O 2º Passeio Ciclístico da Zona Norte, promovido pela Associação dos Ciclistas do RN – ACIRN, em parceria com empresas, órgãos governamentais e movimentos sociais acontece no próximo domingo, dia 18.

Este ano, foi firmado uma parceria com a Secretária Estadual de Saúde, em relação a Campanha Mundial de Luta frente a AIDS, lançado anualmente em dezembro e como parte fundamental dessa busca o “auto cuidado” é ferramenta essencial para chegar a esse objetivo. Reconhecer também que o uso do preservativo como o principal companheiro é ato certeiro para uma vida melhor.

Com o objetivo de estimular o cidadão natalense a praticar hábitos saudáveis, como o esporte pela promoção da saúde, utilização da bicicleta como um veiculo de mobilidade limpa e promotora da redução do aquecimento global. Solicitamos a construção nas cidades de vias expressas para o uso de bicicletas e segurança do ciclista. No final do evento o ciclista participante estará concorrendo a inúmeros produtos e serviços.

Serviço
2º Passeio Ciclístico da Zona Norte
Data: 18 de dezembro de 2011 (domingo)
Inscrição: 01kg de alimento
Local da largada: Supermercado Nordestão (estrada da Redinha)
Concentração/Inscrição: 8:00h às 8:45h
Horário largada: 9:00h
Percurso: Ruas e Avenidas Zona Norte

domingo, 11 de dezembro de 2011

17.Dez.2011 - TODO MUNDO CONTRA BELO MONTE

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Espetáculo “Um Presente de Natal” será realizado no Campus da UFRN

A apresentação do espetáculo “Um presente de Natal” será realizado de 15 a 18 de dezembro, na Praça Cívica do Campus, a partir das 20h. Esta é a 12ª apresentação do auto natalino mais tradicional da cidade. 

Vencedor do Prêmio FUNARTE de Festivais de Artes Cênicas, o espetáculo terá como foco a celebração da cidade do Natal. Nas palavras da idealizadora e coordenadora geral, Diana Fontes, “vamos falar do amor à cidade, mas com um grito de alerta, passando a mensagem de que temos muita arte, que o turismo não se faz só e que temos que valorizar nossa cultura”.

DCE UFRN, SUA HISTÓRIA E PROJETOS

Conheça um pouco da atuação do movimento estudantil dentro da universidade


O diretório central dos estudantes (DCE) é uma entidade estudantil sem fins lucrativos que representa o corpo discente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 

Com o intuito de promover aos estudantes uma consciência social e política, o incentivo a produção artística e cultural e a defesa de um ensino público, democrático e de qualidade , eles seguem debatendo o rumo da universidade, os planos da reitoria, colocando o posicionamento dos estudantes . 

A entidade foi fundada em 25 de fevereiro de 1959 e passou a denominar-se José Silton Pinheiro em 15 de abril de 2000. O nome surgiu de uma homenagem a um estudante da universidade que foi morto durante a ditadura militar.

No último congresso de estudantes universitários que ocorreu na UFRN, em 2000, houve a reestruturação do estatuto do DCE, no qual ele deixou de ser presidencialista e passou a ser dirigido por coordenações , divididas entre geral e especificas, indo desde de assuntos institucionais até esportes e lazer. Ao todo são dezenove coordenações que atendem a demanda de 33.000 estudantes universitários, espalhados em quatro cidades. 

O DCE-UFRN também trava lutas externas apoiando mobilizações como o FORA MIKARLA , a revisão do código florestal, movimento contra homofobia , entre outros. 

CARTEIRA DE ESTUDANTE 

Além das mobilizações em prol da melhoria da universidade e da abertura de debates sobre temas relevantes para a sociedade, o DCE da UFRN também confecciona a carteira de estudante mais barata do estado, indo contra empresas que lucram abusivamente em cima deste documento. 

Para fazer a carteira, o estudante precisa ser aluno da UFRN, preenche um formulário, tirar uma foto e paga o valor de custo de R$ 3,75. Em menos de 10 minutos ele sai da sede com a carteira pronta e Habilitada para pagar 50% menos em transporte, eventos e shows .

CURSINHO DO DCE 

Inspirado em experiências de outras universidades públicas, o cursinho pré-vestibular do DCE é um projeto de extensão que teve sua primeira turma formada no segundo semestre de 1997. O projeto sistematiza ações com o intuito de tornar estudantes de baixa renda aptos a obter sucesso no vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, buscando sempre inovar e melhorar a qualidade de ensino oferecida aos alunos pré-vestibulando. 

Com um corpo docente formado por alunos de licenciatura da própria UFRN, o cursinho dá oportunidade a estes de colocarem em prática o que aprendem na teoria. 

As aulas do cursinho são ministradas dentro do Campus e as turmas são abertas no inicio do ano e também no mês de agosto. O aluno inscrito pagará uma mensalidade bem abaixo da média , na qual pode optar por aulas diárias nos turnos manhã , tarde e noite ,com aulões esporádicos nos sábados . 

A sede do cursinho e do DCE fica no setor I do campus e funciona das 8hs às 20:30hs .


Vídeo:
Conheça um pouco mais do Movimento Estudantil na UFRN




Veja algumas fotos do DCE:

Conheça um pouco os palestrantes do Encontro de Redutores de Danos

Rossana Carla Rameh de Albuquerque
Psicóloga com especialização em Dinâmica de Grupo e Gerontologia Social; Mestre em Saúde Coletiva / FIOCRUZ/ CPqAM; Técnica de Saúde Mental e Redução de Danos da Secretaria de Saúde de Recife; Facilitadora e capacitadora de grupos; Redutora de Danos e Educadora Popular; Supervisora Clínico-institucional em Saúde Mental e Álcool e Outras Drogas; Professora Universitária de disciplinas nas áreas de Educação e Saúde; membro do Centro de Estudos, Consultoria e Atendimento Familiar - CECAF; pesquisadora do Grupo de Estudos sobre álcool e drogas da Universidade Federal de Pernambuco - GEAD/UFPE; Doutoranda em Psicobiologia pela UNIFESP; Membro da Associação Brasileira Multiprofissional sobre Drogas - ABRAMD.

Décio de Castro Alves 
Psicólogo; foi coordenador do Programa de Saúde Mental de Santo André; atuou junto à Saúde Mental em Santos-SP durante a intervenção na Casa de Saúde Anchieta; atualmente está atuando no programa de saúde mental, álcool e outras drogas em São Bernardo do Campo; Supervisor clínico institucional e saúde mental, álcool e outras drogas; Consultor do Ministério da Saúde.


Confira a programação do DCE no Meu Setor - CCHLA e participe você também deste encontro.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

DCE NO MEU SETOR - CCHLA

O DCE NO MEU SETOR do CCHLA terá a seguinte programação: 


Dia 08 de Dezembro (Auditório B do CCHLA)
17:30 -  I Encontro Potiguar de Redutores de Danos
Décio - Consultor Ministério da Saúde 
Rossana Carla - Membro do ABRAMD (Associação Brasileira Multiprofissional sobre Drogas)

19:30 - Audiência Pública que servirá de subsidio para o plano de gestão do centro e levantará as principais questões dentro dos quatro eixos de debate: 
Infra Estrutura; Ensino; Pesquisa; Extensão; Segurança; Acessibilidade; Saúde; Segurança


Dia 09 de Dezembro ( No Corredor do Setor II ):


MANHà
9:00h -  Oficina de Stencil
10:30h -  Oficina Movimento Estudantil - Desafios de participação

TARDE 
13:00h - Roda de debate: A relação de discente e docente no ensino do CCHLA. De que forma somos preparad@s? Didática, Conteúdo, Currículo das licenciaturas, Interdisciplinaridade e PIBID.
15:00h - Tragédia dos comuns / COPA em Natal.
16:00h - Brechó do Coletivo de Mulheres (tragam seus escambos) 




FESTA CULTURAL na PRACINHA DO CCHLA 
a partir das 21h com: Rafaela Brito, Mister Joint VanRoock, Black Stones, MesaSeis e MC Preguiça!


A Cacetada dia 17/12

Atenção Galera! 
Dia 17/12 tem a festa de final do semestre: 
"A Cacetada", 
no espaço do Circo, a partir das 16h. 

Serão 11 atrações atendendo a varios gostos musicais com rock, samba, forró, funk e musica eletronica.  A festa vai até as 4h da manhã do dia 18 e ainda terá 2 ambientes sendo um palco principal e uma tenda eletronica.

Compartilhem a ideia para todos seus amigos e colegas e vamos todos curtir a festa q promete ser a maior festa de encerramento de semestre q a UFRN já teve!

Org: DCE, CAs das Engenharias e DA de C&T.

Brechó 'Meu Passado me Condena'

O Coletivo de Mulheres da UFRN promove o brechó 
"Meu Passado me Condena"
Setor II
Sexta, 09 de Dezembro
A partir das 16:00hs

Acessórios em condições de uso para venda e troca. 
Também serão arrecadados brinquedos para a montagem de um espaço lúdico infantil do Setor II.

Confira também o Blog do Coletivo de Mulheres 

UFRN lança neste mês obras históricas de autores potiguares

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte lança no próximo dia 7 de dezembro os livros “Síntese Cronológica da UFRN – 1958/2010”, do escritor Veríssimo de Melo e atualizado pela professora Carmem Lúcia de Araújo Calado, e “Dom Eugênio Sales e a Imprensa”, organizado por Jurandyr Navarro. Editados pela Editora Universitária da UFRN (EDUFRN), as obras serão lançadas às 17h, no auditório Otto de Brito Guerra, na Reitoria.

O livro “Síntese Cronológica da UFRN: 1958/2010” é uma publicação de autoria de Veríssimo de Melo, com atualização da professora e ex-ouvidora da UFRN, Carmen Lúcia de Araújo Calado, que em 2010 complementou os registros de Veríssimo de Melo.

A primeira edição foi publicada em 1988 e trazia registros dos primeiros 30 anos da Universidade. A obra contemplava os principais acontecimentos do nascimento e do seu desenvolvimento da instituição, com as Resoluções mais importantes do Conselho Universitário e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

“Dom Eugênio Sales e a imprensa” é uma coletânea, organizada por Jurandyr Navarro, composta de artigos de autoria de Dom Eugênio Sales, publicados em diferentes jornais do país. A proposta dessa obra é revelar o pensamento de um dos mais destacados representantes do clero brasileiro em sua colaboração regular com a imprensa.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

UFRN obtém nota máxima em avaliação realizada pelo INEP/MEC

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte recebeu o conceito final 5, nota máxima da Avaliação Externa do Processo de Recredenciamento da UFRN, realizada entre os dias 23 e 25 de novembro deste ano pela equipe de avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão de avaliação do Ministério da Educação (MEC).

A informação chegou hoje à administração central da UFRN. “Parabenizamos toda a comunidade institucional pelo trabalho que vem desenvolvendo na UFRN, coroado, neste momento, por esse excepcional resultado”, declarou em nota à comunidade acadêmica a equipe da Comissão Própria de Avaliação (CPA).

“Que possamos, juntos, continuar nesse caminho em busca da concretização das necessárias melhorias para que os avanços sejam contínuos”, completa a nota.

O conceito 5 dado pelo INEP/MEC representa que a UFRN foi muito bem avaliada, e atesta “um perfil de qualidade Muito Bom da Instituição", conforme explicações da CPA.

Resultado da Eleição para o C.A. de Serviço Social

Resultado da eleição do CASS da UFRN:
Chapa 01 - 107 votos 55%
Chapa 02 - 87 votos 45%

A eleição aconteceu no dia 30 de novembro. Confira a composição das duas chapas do Centro Acadêmico de Serviço Social na gestão 2011/2012.

Professora da UFRN ganha Prêmio Nacional Direitos Humanos 2011

A professora Berenice Bento (Departamento de Ciências Sociais e Coordenadora do Núcleo Tirésias/UFRN) foi agraciada com Prêmio Nacional Direitos Humanos, a mais alta condecoração do Governo Brasileiro a pessoas e entidades que se destacaram na defesa, na promoção e no enfrentamento e combate às violações dos Direitos Humanos no país. A professora realiza pesquisas e atua em defesa dos direitos humanos de gays, lésbicas, travestis e transexuais.

Presidida pela ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), a comissão que elege os premiados é constituída por personalidades nacionais ou indivíduos com notórios serviços prestados à causa dos Direitos Humanos no Brasil.

A entrega do prêmio acontecerá no dia 09 de dezembro e será entregue pela presidenta da República, Dilma Rousseff e contará com a presença dos Ministros de Estado

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

III Semana de Artes Visuais da UFRN

A Coordenação do Curso de Licenciatura em Artes, juntamente com a direção do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) realiza, de 29 de novembro a 3 de dezembro, a terceira edição da Semana de Artes Visuais da UFRN, que acontece no Departamento de Artes (DEART). 

Na abertura do evento que acontecerá dia 29 às 8h30 no Teatro Laboratório Jesiel Figueiredo, localizado no Departamento de Artes da UFRN, o professor Marcos Hill, da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (EBA/UFMG), ministrará a palestra “Mas, afinal, o que é o contemporâneo?”. O artista potiguar radicado em São Paulo, Marcelo Ghandi irá discutir sobre o seu processo criativo.

III Boom

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

II Seminário Interdisciplinar sobre Comunicação, Mídias e Direitos Humanos.

O Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) e o Departamento de Comunicação (DECOM) da UFRN promovem amanhã, quinta-feira 24, o II Seminário Interdisciplinar sobre Comunicação, Mídias e Direitos Humanos. O tema desta edição será “Políticas, Sistemas e Novas Regulamentações na América Latina”.

O Seminário conta com conferências, que ocorrem a partir das 9h, e apresentação de Grupos de Trabalho, no período da tarde, das 14h às 17h. Fechando a programação, haverá a I Mostra Audiovisual de Comunicação e Direitos Humanos, que tem início às 19h. A Mostra é uma produção realizada pelos alunos das três habilitações do curso de Comunicação: Jornalismo, Radialismo e Publicidade.

O objetivo do Seminário é debater as políticas de comunicação e os respectivos tipos de regulamentação da área na América Latina. 

A abertura do evento acontece às 8h30 no Laboratório de Comunicação (LABCOM), com a presença do diretor do CCHLA, Herculano Campos; do chefe do DECOM, Adriano Cruz; e do coordenador do Curso de Comunicação Social, Aryovaldo de Castro Júnior. 

A programação completa pode ser conferida em http://www.cchla.ufrn.br/sicmdh/.

COLAPSO - O FIM DA ERA DO PETRÓLEO

"COLAPSO" - O FIM DA ERA DO PETRÓLEO: 
vídeo-debate acerca do fenômeno "Pico do Petróleo" e a consequente extinção do petróleo e suas implicações sociais e econômicas.

QUANDO? 24 de Nov/2011, as 18:30 hs;
ONDE? Mine auditório do IFRN (próx. ao Midway)
QUANTO? Entrada livre.

Estudantes participam de últimas aulas antes do vestibular da UFRN



As horas estão passando e o dia tão esperado para mais de 30 mil candidatos está chegando. Começa domingo o vestibular da UFRN.


No anfiteatro cheio, alunos atentos a explicação. É o ultimo aulão realizado pelo cursinho pré-vestibular do DCE da UFRN. Aqui, a maioria vem de escolas publicas se preparar para a tão sonhada vaga na universidade. E tem que estudar mesmo. A menos de uma semana para as provas, qualquer chance de adquirir ou reforçar conhecimento vale a pena. A professora explica que o momento ainda é de se debruçar sobre os livros.

- Continuar no gás ainda, estudando do jeito que eles vem estudando continuar eu só aconselho para um dia antes para dar uma relaxada na mente e ficar tranquilo- orienta Marília Duarte,professora.

Rayane segue bem o conselho da professora. diz que estuda praticamente o dia todo. Na escola, no cursinho e a noite, sozinha. Se considera preparada para enfrentar pela primeira vez o vestibular do curso de ciências biológicas. Mesmo assim, a garota está nervosa

- Está me deixando nervosa é a concorrência a área também,a gente nunca sabe o que vai cair na prova apesar de estarmos preparados - conta Rayane Borges, vestibulanda.

Já Iago vai tentar pela segunda vez uma vaga no curso de história. estuda uma media de 2 horas por dia e diz que está bem tranquilo. Que a experiencia conta nessas horas.

- Eu acho que toda forma de aprendizagem vale para quem quer passar no vestibular da universidade federal, e essa meta, esse sonho que a gente vai lutando, matando um leão por dia para tentar chegar na federal – diz Iago Araújo, vestibulando.


Fonte: in360

Fórum Social Temático 2012

A convergência de crises gera uma crise de civilização

A Rio+20: uma oportunidade? A escalada da segunda fase da crise econômica capitalista – agora centrada na Europa, mas atingindo todos os países centrais – amplifica os efeitos sociais perversos da grave recessão que eclodiu em 2008. Ao mesmo tempo, a manutenção do crescimento na China e nos demais países emergentes demanda mais e mais recursos naturais. Os dois processos repercutem fortemente sobre a crise ambiental global e aprofundam as desigualdades sociais, gerando novas crises humanitárias. Todas exigem respostas urgentes, que nenhum governo pode dar. Todas exigem uma modificação profunda do sistema econômico, social, cultural e político vigente – o capitalismo global e suas instituições. Configuram, de conjunto, uma crise de civilização, que arrasta consigo o destino de bilhões de seres humanos.

Há, no horizonte, um encontro mundial onde estes problemas poderiam ser debatidos e soluções encontradas, se houvesse vontade política dos líderes das principais nações, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) que ocorrerá no Rio de Janeiro entre 26 de maio e 6 de junho de 2012. Este encontro carrega o simbolismo dos vinte anos da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (Rio 92) e do ciclo de conferências que a ela se seguiu, ocasião em que emergiu com força um diagnóstico de que o mundo acumulava enormes problemas estruturais e onde foram elaboradas propostas para enfrentá-los.

Mas os governantes dos grandes países do Norte e do Sul dificilmente aproveitarão esta oportunidade. Eles estão preocupados seja em manter o maior crescimento possível, seja com a saúde do capital especulativo, dos bancos e dos especuladores. As múltiplas crises em que a sociedade global está afundando – climática, alimentar, das condições de vida, da política e de valores éticos – entram no cálculo destes lideres de maneira apenas acessória. Nada podemos esperar deles e das forças que os sustentam, cada vez mais insensíveis ao destino da humanidade.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

CCSA debate com estudantes o Plano de Gestão 2011-2015

O Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) promoveu na manhã desta quinta-feira, 17, uma audiência pública para discutir o Plano de Gestão 2011-2015. O evento foi realizado no Auditório do NEPSA com a participação de estudantes do CCSA.

O plano já foi apresentado aos docentes nas plenárias de Departamento e para os servidores técnico-administrativos em um fórum da categoria, passando agora pelo crivo dos estudantes. Eles opinaram e discutiram o documento, acrescentando propostas e ajudando a formar um plano de gestão que possa se converter em melhorias para o CCSA nos próximos quatro anos.

“A participação do aluno é fundamental, pois queremos fazer uma gestão em sintonia com as necessidades e demandas que vem do segmento estudantil”, afirmou a diretora do CCSA, Arlete Araújo. Após essa consulta realizada com os estudantes, o Plano de Gestão passará por apreciação e votação do Conselho de Centro (Consec/CCSA) no dia 23 de novembro.

Debulha Design 2011

Cine-debate pelo Dia Internacional de enfrentamento a violência contra a mulher

Dia 25 de novembro é a data do Dia Internacional de Enfrentamento a Violência contra mulher. Para fazer a discussão, o Coletivo de Mulheres vai realizar um cine-debate sobre o tema da violência contra mulher, com a exibição do filme "Baixio das Bestas" de Cláudio Assis. O filme começará às 18:00 na sala C5 do setor II (auditório da Antropologia).

Mais ameaças contra movimento grevista na UNIR

Por Estêvão Rafael Fernandes*

Quando achamos que a falta de bom senso e a impunidade chegaram a seu ápice, somos surpreendidos por mais descalabros. Há pouco mais de 15 dias escrevi um artigo pedindo apoio e buscando dar visibilidade à crise que se instaurou na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Supus, ingenuamente, que aos poucos o governo brasileiro e as instituições responsáveis (Polícia Federal, Ministério Público, Ministério da Educação) fossem, de alguma forma, sensibilizar-se pelo que tem ocorrido em terras rondonienses. Ledo engano.

Nestes 15 dias nada mudou para melhor. Ao contrário, o pânico se instalou e se intensificou. Prova disso está em dois fatos ocorridos recentemente. Uma aluna de psicologia, membro do comando de greve dos estudantes, foi surpreendida na porta de sua casa por homens encapuzados que lhe disseram que em breve ela morreria.

Além disso, um bilhete anônimo foi colocado sob a porta de diversos laboratórios e departamentos, com os dizeres:

NÃO ADIANTA CANTAR VITÓRIA ANTES DO TEMPO. MUITA ÁGUA AINDA PODE ROLAR… SEGUE ALGUNS NOMES QUE PODEM DESCER NA ENCHENTE DO RIO

Panfletos ameaçam usuários de maconha no campus da USP

Panfletos com ameaças a usuários de maconha estariam sendo distribuídos na Cidade Universitária, na Zona Oeste de São Paulo, por um grupo ultraconservador. Alguns estudantes da USP postaram fotos dos panfletos nas mídias sociais, como o Facebook. Nele, há uma foto de um grupo de carecas, alusivo aos skinheads ou Carecas do ABC, tribos conhecidas pelo uso da violência e por serem de ultradireita.

No entanto, a suposta assinatura do documento é do CCC, sigla que significa Comando de Caça aos Comunistas, que surgiu na década de 1960 na Universidade Mackenzie. Em 3 de outubro de 1968, integrantes do CCC entraram em confronto com estudantes da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, em episódio que resultou na morte do estudante secundarista José Carlos Guimarães, então com 20 anos, com um tiro na cabeça.

Outros três universitários foram baleados e dezenas ficaram feridos. O episódio entrou para a história como a Batalha da Maria Antônia, em referência à rua, na região central, que serviu de palco para a briga. Os estudantes que iniciaram o movimento contra a presença da Polícia Militar, no início de outubro, após três alunos terem sido flagrados com maconha no campus, foram, justamente, os da FFLCH.

Projeto PLANTE ENQUANTO É TEMPO

Através de uma parceria entre os centros CCHLA e CB, os Departamentos de Políticas Públicas (DPP – CCHLA) e de Botânica, Ecologia e Zoologia (DBEZ – CB) estão desenvolvendo o Projeto de Educação Ambiental PLANTE ENQUANTO É TEMPO.

O projeto é uma ação de extensão interdisciplinar e multirreferencial, que visa criar uma grande onda de sensibilização na região sobre os riscos e a urgência do problema ambiental no planeta. Entre os objetivos específicos do projeto está o plantio de 20.000 de árvores em Natal e entorno, através de tutores que adotem e cuidem das mudas.

O lema do projeto será CADA ALUNO, UMA ÁRVORE PLANTADA. Nos próximos dias, os monitores do projeto passarão nas salas de aulas explicando melhor o projeto. Pedimos aos professores a gentileza e a compreensão de facilitar o acesso desses monitores às salas de aula.

As mudas estarão disponíveis gratuitamente nos espaços de aulas, para todos que quiserem adotar, bastando assinar um termo de compromisso. Verifique como você pode colaborar e onde pode plantar.

Contamos com sua consciência e colaboração.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Carta aberta à comunidade acadêmica do Coletivo de Mulheres da UFRN

(Como resultado da intervenção por fraldários realizada no dia 20 de outubro na CIENTEC, construímos uma carta direcionada a toda comunidade acadêmica mostrando a leitura que fazemos do contexto em que se insere essa reinvindicação).


A UFRN vem passando por uma fase de grande crescimento, sua estrutura vem sendo aprimorada e ampliada, mais cursos vêm sendo criados, o número de vagas para alunos vêm aumentando a cada semestre e o quadro de professores efetivos vem crescendo. Isso se dá no âmbito de um amplo programa de desenvolvimento econômico e social encampado pelo governo federal, no qual as universidades públicas também se inserem. Esse novo contexto vem trazendo novas possibilidades e novos desafios. Grupos sociais excluídos, que há pouco tempo não tinham acesso à universidade hoje conseguem entrar de forma mais massiva, as mulheres, historicamente inferiorizadas no mundo do trabalho e da ciência, são hoje maioria nas universidades brasileiras. Porém, os desafios para permanecer e efetivar os estudos continua, e se não considerarmos esses limites seremos coniventes com uma universidade que historicamente reproduz as desigualdades sociais.

Como está a mobilidade urbana de Natal?

Saúde, Educação, Segurança e Emprego. Temas de enorme importância social e os mais citados em discursos políticos e pesquisas que medem a insatisfação popular com os gestores. Essas áreas recebem a maioria dos recursos públicos e, em tese, são oferecidas gratuitamente para a população.

E o transporte público? E o trânsito? Ampliando um pouco mais, E a Mobilidade Urbana? Esses temas, aos poucos, estão entrando na pauta do natalense. Com o detalhe que, ao contrário dos outros atendimentos básicos, aqui o Poder Público nem disfarça, cobra diretamente pelo serviço sem nenhum tipo de subsídio. De público, o transporte só tem o nome e a demagogia com a qual é, na maioria das vezes, tratado.

Resolvi escrever sobre Mobilidade Urbana para tentar passar um pouco de minha pequena experiência na área, (já fui secretário de Mobilidade e Urbana em Natal) como também dividir alguns pontos de vista e dúvidas.

Eleições para o CA de Serviço Social dia 30/11

Fique Atento!
A Eleição Acontece no dia 30 de Novembro
Confira a composição das duas chapas inscritas para a diretoria do Centro Acadêmico de Serviço Social na gestão 2011/2012

CHAPA 1
"Se o Presente é de Luta o Futuro Nos Pertence"
Coordenação Geral
Luana Vanessa (2010.1)
Lília Daniella (2010.1)
Maria Luíza (2011.2)
Alexandra Cabral (2010.2)

Divulgação e Imprensa
José Allan (2010.2)
John Lennon (2011.2)
Tácylla Danyelle (2011.2)

Finanças
Jéssica Augusto (2010.1)
Rodrigo de Souza (2011.2)
Elidaiane Duarte (2011.2)

Arte e Cultura
Samya Katiane (2010.1)
Maria Lúcia (2010.2)

Assuntos estudantis
Clara de Assis (2011.1)
Renata Sammara (2011.1)
Edileuza Soares (2011.1)
Paula Gabriela (2011.1)

Formação profissional
Bruna Ryliane (2011.1)
Kaline Bezerra (2011.2)


CHAPA 2
"É Na Luta Que se Constrói a Unidade"Coordenação Geral
Raquel Cardozo (2009.2)

Divulgação e Imprensa
Klesia Willma (2009.2)
Jessica Dantas (2009.2)

Finanças
Anneussa Alicia (2009.2)

Arte e Cultura
José Francisco (2009.2)
Andriellen Pereira (2011.6)

Assuntos estudantis
Thaisa Vanessa (2009.2)

Formação profissional
Amanda Railany (2010.3)

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Para Comitê, novo Código Florestal é um grande retrocesso

Para o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável, o novo projeto do Código Florestal, aprovado terça-feira (8) por duas comissões do Senado, não resolve os principais problemas do texto vindo da Câmara dos Deputados.

A votação ocorreu numa tumultuada sessão das comissões de Ciência e Tecnologia (CCT) e Agricultura e Reforma Agrária (CRA), que aprovaram o texto-base do senador Luiz Henrique (PMDB-SC) para o novo Código Florestal.

O Comitê aponta como principais problemas que permanecem no projeto: a possibilidade para anistiar todos os desmatamentos ilegais feitos até 2008; a falta de regras diferenciadas para os pequenos agricultores; e a ausência de regras claras para evitar novos desmatamentos em beiras de rios e nascentes.

De acordo com o Comitê, outro triste episódio foi a truculência da Polícia do Senado, que violentamente acabou com a manifestação pacífica de estudantes contrários à aprovação do projeto. Os integrantes do Comitê evidenciam seu repúdio à violência praticada contra os manifestantes e exigem a apuração e punição dos responsáveis.

Caso o texto do novo Código Florestal seja aprovado no Senado, o Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável convoca a a sociedade a iniciar uma ampla campanha pelo veto ao projeto por parte da presidenta Dilma Rousseff. Segundo o Comitê, isso evitaria “um dos maiores retrocessos na legislação ambiental brasileira”. (pulsar)

Hospital Universitário recebe seis leitos psiquiátricos

Serão disponibilizados mais seis leitos do Hospital Universitário Onofre Lopes, exclusivos para atender pacientes que precisam de cuidados clínicos e psiquiátricos. A ação faz parte do projeto "Unidade de Psiquiatria em hospital clínico universitário", cujo seminário acontece nesta sexta-feira (11). 

Estarão presentes no evento, o Secretário Estadual de Saúde, Dr. Domício Arruda; a Secretária Municipal de Saúde Dra. Maria do Perpétuo Socorro Lima Nogueira; a Reitora da UFRN, professora Ângela Paiva Cruz; o Diretor do HUOL, Professor Ricardo Lagreca além de médicos e coordenadores de saúde mental do município e do estado. 

A disponibilização dos leitos do HUOL é resultado de um projeto inicialmente elaborado pela psiquiatra Dra. Natália Mota, sob a orientação do professor e também psiquiatra, Dr. Arnaldo Bezerra. Atualmente o projeto coordenado pelo Dr. João Paulo Maia de Oliveira está sendo realizado em parceria com as secretarias estadual e municipal de saúde. 

Código Florestal em Perigo!

Não ao novo Código Floresta!
Assine o manifesto e diga não às alterações no Código Florestal Brasileiro!
http://www.avaaz.org/po/peticao_codigo_florestal/?sos

Precisamos de 200 mil assinaturas em nossa petição. Ela ajudará evitar que substitutivo ao projeto de lei n° 1876/99 - que prevê mudanças no Código Florestal seja aprovado. A votação está prevista para breve no Congresso Nacional.

Veja no vídeo como essas alterações poderão reduzir drasticamente as áreas naturais protegidas de nosso país, prejudicando o meio ambiente e a sociedade civil.

Você tem papel decisivo para que possamos proteger nosso maior patrimônio.

Assine e divulgue nas redes sociais. Juntos vamos impedir que o Brasil entre na contramão da história.

Saiba mais, acesse: http://www.sosflorestas.com.br

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Orquestra da UFRN faz concerto com convidados especiais nesta quinta-feira

A Orquestra Sinfônica da UFRN realiza um concerto hoje com direito a convidados especiais e repertório contemporâneo. 

A apresentação faz parte do calendário de eventos do curso de pós-graduação de Práticas Interpretativas dos Séculos XX e XXI, e traz peças de compositores vivos. Como solistas, participam os professores Fábio Presgrave (violoncelo) e Ana Paula de Souza (violino) além do percussionista mexicano Manuel Alejandro Zacarias na execução da marimba e participação do cantor, compositor e poeta Silvério Pessoa - através de um projeto do Itaú Cultural. O concerto tem entrada franca e acontece hoje, dia 10, às 20 horas no auditório da Escola de Música. Ingressos são retirados no local. 

Na sexta-feira, dia 11, haverá palestra com Jônatas Manzolli sobre música e neurociência, na Escola da Ciência e Tecnologia da UFRN, sala 3.

Amanhã tem DCE no meu Setor!

Atenção Galera! Amanhã(11) as atividades do DCE 
se concentrarão no Centro de Biociências (CB).

Marilena Chauí: Contra a PM na USP


Ato contra a presença da PM na USP, realizado no dia 16/06/09 no anfiteatro da Geografia-FFLCH. 
O ato ainda teve a presença de Antônio Cândido e Maria Victoria Benevides.

Veja mais em: www.pracaminharpensando.wordpress.com

Participe do evento de lançamento da Fides!

A Revista de Filosofia do Direito, do Estado e da Sociedade (FIDES) realizará, na próxima segunda-feira (dia 14/11), o evento de lançamento de sua 4ª edição.

O evento ocorrerá no auditório do NEPSA e terá início às 19h. As inscrições serão realizadas no local, a partir das 18h15, e serão confirmadas mediante a doação de um quilo de alimento não-perecível (exceto sal e açúcar). Será emitido certificado de 4h de atividades de extensão.

Na oportunidade, serão apresentadas a proposta editorial da Revista e as atividades desenvolvidas pelo Conselho Editorial. Em seguida, o professor Ronaldo Pinheiro de Queiroz, doutorando em Direito Constitucional pela PUC-SP e Procurador da República, apresentará seu artigo: “A esfera pública como elemento central da democracia deliberativa”. Por fim, o professor Ricardo Tinoco de Góes, doutorando em Filosofia do Direito pela PUC-SP e Juiz de Direito, ministrará a palestra “Jurisdição e democracia deliberativa: a legitimidade das decisões judiciais para além da teoria de Jürgen Habermas”.

Participe!!!

Para mais informações sobre a FIDES, acompanhe:
Twitter: @revistafides
E-mail: revistafides@gmail.com